Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Inter se recusa a gravar depoimento para disputa do terceiro lugar

Clube alegou à Fifa que não se importa com o jogo que fará contra o Seongnam Chunma. Entrevistas com técnico e jogadores passam no telão do estádio antes da partida

Marcel Rizzo, enviado iG a Abu Dhabi |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237882779979&_c_=MiGComponente_C

O Internacional recusou gravar o depoimento de alguns jogadores que aparece no telão dos estádios que abrigam o Mundial de clubes da Fifa, nos Emirados Árabes, para a disputa do terceiro lugar, sábado (12h de Brasília), contra o Seongnam Chunma, da Coreia do Sul.

O clube alegou que os jogadores não estavam com cabeça para falar de uma partida que para o Inter não tem significado, já que a perda da vaga na final para o Mazembe, da República Democrática do Congo, foi frustrante. A Fifa, a princípio, também não pegará a palavra dos atletas da equipe coreana.

Vipcomm
Técnico Celso Roth previu dificuldades no Mundial antes de encarar o Mazembe

No depoimento, os jogadores precisam falar sobre o jogo, o que esperam da partida, a importância. Bolívar, DAlessandro e Celso Roth gravaram para o duelo contra o Mazembe. O treinador, por exemplo, classificou o adversário como forte e parecia prever que o Inter teria dificuldade na partida. DAle falou sobre a importância do Mundial para ele e Bolívar sobre a possibilidade de levantar a taça como capitão.

Na partida desta quarta-feira entre Inter de Milão e Seongnam, pela outra semifinal, nenhum jogador e nem o técnico Celso Roth foram ao Zayed Sports City acompanhar a partida. Apenas alguns dirigentes, como o presidente Vitório Píferro e o presidente eleito Giovanni Luigi compareceram, para não atrapalhar o bom relacionamento com a Fifa.

Nesta quinta-feira o técnico Celso Roth comanda treinamento a partir das 18h local (12h de Brasília), no CT Sultan Bin Zayed. Se o time estivesse na decisão, o que era o esperado, o trabalho seria aberto à imprensa somente nos primeiros 15 minutos, mas com a eliminação todos deverão ser liberados a ficar o tempo todo. A escalação para a disputa do terceiro lugar ainda é uma incógnita.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG