Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Inter se anima com vitória e quer melhor campanha da Libertadores

Apenas o Júnior de Barranquilla tem números superiores aos do atual campeão da competição sul-americana

Gabriel Cardoso, iG Porto Alegre |

AFP
Jogadores comemoram vitória na Bolívia
A vitória contra o Jorge Wilstermann fora de casa motiva o Inter a buscar um novo desafio na Libertadores: fazer a melhor campanha da primeira fase. Atingindo este objetivo, o time gaúcho levaria a vantagem de decidir todas as fases de mata-mata dentro de casa, até a final.

“É sempre bom, pois acaba decidindo em casa na fase de mata-mata. Já tivemos esta experiência no ano passado e sabemos que foi muito bom”, disse o lateral-esquerdo Kléber.

Por aproveitamento, apenas a campanha do Júnior de Barranquilla supera os números do Inter. O time colombiano, que está no grupo do Grêmio, tem três jogos e três vitórias. Com 7 pontos em três partidas, o Inter tem 3 pontos a menos que Cruzeiro e Libertad, mas ambos disputaram um jogo a mais.

"O cálculo é buscar a vitória sempre, e trabalhamos com esta ideia. Em outras fases da Libertadores o empate é interessante, mas nesta tem que buscar sempre a vitória”, projetou o vice de futebol Roberto Siegmann.

Na campanha vitoriosa de 2010, o time de Jorge Fossati terminou em sexto lugar na primeira fase. Conseguiu o direito de decidir em casa contra Banfield (oitavas de final) e Chivas (na final), mas teve que buscar a classificação fora do Beira-Rio diante de Estudiantes (quartas de final) e São Paulo (semifinal).

O modelo ideal é o da Libertadores 2006, ano do primeiro título da competição. Os comandados de Abel Braga fizeram a segunda melhor campanha da primeira fase e conseguiram decidir as 4 fases de mata-mata dentro do Beira-Rio.

“Temos que pensar em fazer a classificação da melhor maneira possível, pois decide o mata-mata em casa. O Júnior de Barranquilla já tem 9 pontos, e o Cruzeiro também faz boa campanha. Queremos fazer a melhor campanha possível. Demos um passo importante, mas temos que confirmar em casa”, disse o técnico Celso Roth.

No returno da fase de grupos, o Inter vai receber o Jorge Wilstermann (dia 30), visitar o Jaguares (dia 6 de abril) e receber o Emelec (19 de abril). O argentino D´Alessandro já deve estar à disposição na próxima rodada.

Leia tudo sobre: InternacionalCopa Libertadores 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG