Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Inter reclama de racismo da torcida do Grêmio contra Zé Roberto

Meia-atacante diz que foi chamado de "macaco" no estádio Olímpico. Dirigente pede punição ao rival

Gabriel Cardoso, iG Porto Alegre |

O Internacional reclama de racismo no estádio Olímpico por parte de torcedores do Grêmio. O meia-atacante Zé Roberto teria sido chamado de “macaco” enquanto aquecia para entrar em campo antes do clássico Gre-Nal do último domingo.

Na manhã desta terça-feira, Zé Roberto confirmou que foi ofendido. O jogador admite que ficou chateado com as manifestações, mas prometeu não tomar nenhuma medida.

“Quando eu estava aquecendo, começaram a me chamar de macaco. Quando eu pegava na bola também acontecia isso. Até já ouvi que dizem que é normal isso no Olímpico. Eu fiquei meio assustado. Já joguei em outros lugares e não passei por isso. É lamentável. É um sentimento nojento.”, disse.

A atitude da torcida do Grêmio serviu para motivar ainda mais o jogador. Zé Roberto foi o protagonista do clássico. Entrou em campo ainda no primeiro tempo e participou dos três gols do Internacional.

“Me motivou um pouco mais. Entrei querendo ainda mais que o normal. Todo mundo que estava ali no banco ficou chateado”, comentou.

O vice de futebol do Inter, Roberto Siegmann, ficou revoltado com o fato. Pelo Twitter, o dirigente pediu punição ao clube rival.

“O procurador do TJD que me denunciou com extrema rapidez vai denunciar o clube que praticou racismo contra o Zé Roberto?”, argumentou.

O dirigente foi punido na semana passada por ter invadido o campo e reclamado da arbitragem de Márcio Chagas da Silva, no Gre-Nal que decidiu o segundo turno estadual.

Leia tudo sobre: InternacionalGrêmioBrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG