Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Inter perde para o Independiente e terá que reverter no Beira-Rio

Pela decisão da Recopa, time gaúcho saiu na frente, mas jogou mal e cedeu a virada: 2 a 1

Gabriel Cardoso, iG Porto Alegre |

O Beira-Rio terá que rugir! O Inter não fez um bom jogo e perdeu para o Independiente no jogo de ida da decisão da Recopa. Terá reverter o resultado dia 24, na partida de volta, no Beira-Rio. Leandro Damião até deu a vantagem no placar, ao abrir o marcador aos 36 minutos do primeiro tempo. Velázquez deixou tudo igual aos 41 da primeira etapa. Pérez, de falta, aos 27 minutos do segundo tempo, decretou o 2 a 1.

O Inter surpreendeu na escalação. Osmar Loss optou pelo atacante Jô ao lado de Damião, deixando Andrezinho no banco de reservas. O Independiente teve confirmada a ausência de Parra, artilheiro do time, vetado pelos médicos.

Entre para a Torcida Virtual do Inter e convide seus amigos

Grêmio tem a maior torcida do Twitter. Amplie a do Inter

O Independiente foi superior em quase toda a primeira etapa. O Inter levou sufoco. Num dos poucos ataques, Nei fez boa jogada, e Damião abriu o placar. O resultado era mais do que bom, mas Velázquez deixou tudo igual ainda antes do intervalo.

A segunda etapa seguiu no mesmo ritmo. Os gaúchos até saíram um pouco mais pro ataque, mas foi Pérez, cobrando falta (com desvio na barreira), que virou o jogo pro Independiente. Osmar Loss seguiu até o fim do jogo sem abrir mão dos três volantes. O Inter acabou derrotado.

Os gaúchos não terão muito descanso. O grupo volta quinta-feira para Porto Alegre, mas já embarca no sábado para Salvador, onde o Bahia será o adversário no domingo. O Independiente vai estrear no Clausura argentino, na próxima terça-feira, fora de casa, contra o Lanús.

O Jogo:

Os argentinos tiveram boa chance logo no início do jogo. Bolívar cometeu falta na entrada da área, e a cobrança passou muito perto do gol de Muriel. Nova oportunidade surgiu aos 9 minutos, quando a cabeçada de Pérez passou perto do gol. O Inter perdeu o lateral Kléber, aos 20 minutos, lesionado.

O time gaúcho seguiu sendo muito pressionado. Acabou prejudicado aos 26 minutos, quando Damião sairia na cara do gol, ao driblar Milito, mas acabou derrubado... A falta não foi marcada.

O Inter, que pouco atacava, abriu o placar aos 36 minutos. Élton lançou Nei, que pedalou pra cima de Milito e cruzou para Damião, de carrinho, completar para o gol: 1 a 0. Nuñez quase empatou aos 39, mas Muriel espalmou um chute perigoso. O camisa um nada conseguiu fazer aos 41, quando Velazquez superou Bolívar, cabeceando para fazer 1 a 1.

O Inter voltou um pouco menos recuado na segunda etapa. Damião teve grande chance aos 5 minutos, mas errou em bola um bom cruzamento que veio de Jô. Dois minutos depois foi a vez de Muriel voar para espalmar um chute de Fredes.

Tinga poderia ter colocado os gaúchos na frente outra vez: aos 19 minutos, ele acertou a trave, desperdiçando a boa jogada feita por Jô. O Independiente conseguiu a virada aos 27 minutos: Pérez bateu falta, a bola desviou na barreira e matou o goleiro Muriel: 2 a 1.

Após o gol sofrido, Osmar Loss resolveu mudar, mas não abriu mão dos três volantes. Andrezinho e Marquinhos substituíram D´Alessandro e Jô. Aos 36, Damião driblou os zagueiros, e o chute parou na mão de Navarro. Wilson Matias perdeu o gol no lance seguinte ao cabecear pra fora um cruzamento de Marquinhos. O Independiente poderia ter feito o terceiro, se a cabeçada de Nieva não parasse na trave.  

FICHA TÉCNICA - INDEPENDIENTE 2 X 1 INTERNACIONAL
Local: Estádio Libertadores de América, em Avellaneda (Argentina)
Data: 10 de agosto de 2011, quarta-feira
Horário: 21h e 50 minutos (de Brasília)
Árbitro: Wilmar Roldán (Colômbia)
Auxiliares: Abrahám Gonzalez e Humberto Clavijo (Colômbia).
Cartão amarelo: Pellerano, Velázquez (Independiente); Bolívar, D´Alessandro (Inter)

GOLS:
Independiente: Velázquez, aos 41 minutos do primeiro tempo e Pérez, aos 27 minutos do segundo tempo.
Inter: Leandro Damião, aos 36 minutos do primeiro tempo.

INDEPENDIENTE: Hilario Navarro; Eduardo Tuzzio, Julián Velázquez, Gabriel Milito e Maximiliano Velázquez; Hernán Fredes, Cristian Pellerano, Iván Pérez (Nicolás Cabrera) e Matías Defederico (Brian Nieva); Leonel Núñez e Marco Pérez.
Técnico: Antonio Mohamed.

INTERNACIONAL: Muriel; Nei, Bolívar, Índio e Kléber (Fabrício); Wilson Matias (Dellatorre), Élton, Tinga e D´Alessandro (Andrezinho); Leandro Damião e Jô (Marquinhos).
Técnico: Osmar Loss (interino).

Leia tudo sobre: InternacionalIndependienteRecopa 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG