Em casa, equipe superou o Lecce pela contagem mínima. Diferença para o Milan é de dois pontos apenas

A vitória levou a Inter aos 60 pontos, apenas dois a menos que o Milan. Como na próxima rodada já é o clássico de Milão, a equipe tem boas chances de assumir a ponta, só precisando da vitória. Encerrando a rodada, o Napoli venceu o Cagliari e chegou aos 59 pontos, esquentado ainda mais a disputa.

Já o Lecce se complicou com a derrota, ficando na 18ª posição, dentro da zona de rebaixamento.

A partida começou movimentada, com os dois lados criando algumas chances. Primeiro, Pazzini fez boa jogada e bateu pela Inter, mas a bola ficou na zaga. Em seguida, em um contragolpe, o Lecce chegou bem e Julio Cesar quase se complicou, soltando uma bola fácil, mas se recuperou.

O jogo não era muito movimentado e não tinha grandes chances de gol. O primeiro grande susto que a Inter deu foi através de uma falta cobrada por Sneijder, que acabou indo na rede pelo lado de fora.

A equipe de Milão parecia desconcentrada em campo, errando jogadas que geralmente acerta, como contragolpes que costumam ser mortais.

Pazzini faz sua comemoração característica após marcar o único gol do jogo
AP
Pazzini faz sua comemoração característica após marcar o único gol do jogo
Logo no início do segundo tempo, Pazzini teve grande chance. Depois de cruzamento de Sneijder, o italiano cabeceou com estilo e obrigou o goleiro a fazer grande defesa.

No lance seguinte, ele não perdoou. O camisa 7 recebeu de Sneijder, matou no peito tirando o zagueiro e ficou cara a cara com o goleiro, batendo com o pé direito, para o fundo do gol, aos sete minutos do segundo tempo.

Jogando bastante abaixo do que de costume, a Inter diminuiu ainda mais seu ritmo e não criou grandes chances para ampliar o resultado.

Apesar de se segurar bem, a equipe também passou por apuros. Aos 39 minutos, Julio Cesar foi obrigado a fazer uma grande defesa para impedir o empate dos visitantes.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.