Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Inter lidera números defensivos, mas tem histórico recente ruim

Goleiros trabalharam pouco, mas time gaúcho permitiu gol do adversário nas últimas nove partidas

Gabriel Cardoso, iG Porto Alegre |

Um time lidera as estatísticas do Brasileirão quando o assunto é o menor número de defesa dos goleiros. Este mesmo também está entre os que mais acertam desarmes na competição. Provavelmente trata-se de um dos líderes do campeonato, com uma defesa pouco vazada. Não, são os dados do Internacional, 10º colocado na competição, quatro gols sofridos em três partidas. Os números são do Footstats e estão disponíveis no aplicativo iG Esporte para iPhone e iPad.

Tenha as estatísticas no seu iPhone e faça comparações entre times e jogadores

Comandado por Falcão, o time gaúcho está há nove jogos sem saber o que é sair de campo sem tomar gols. Apenas nas duas primeiras partidas sob a direção do novo treinador o adversário não balançou as redes. Falcão prefere minimizar o fato.

“Existe a frase que se o time fizer mais gol do que tomar é campeão. Claro que é uma frase de efeito. Depende da hora que se toma. Se está 3 a 0 não tem motivo de preocupação. Temos é que dificultar. O primeiro gol do América-MG não tinha o que fazer. Vou conversar com eles durante a semana para fazer o tipo de correção que se impõe no momento”, explicou.

Entre para a Torcida Virtual do Inter e convide seus amigos

Saiba as últimas do Inter pelo Twitter

Renan e Lauro, goleiros do Inter, foram os que menos defesas fizeram no Brasileirão. Foram quatro em três jogos. Felipe, do Flamengo, aparece logo acima com seis intervenções nas três primeiras rodadas do Brasileiro. Fernando Prass, do Vasco, e Victor e Marcelo, do Grêmio, já tiveram que trabalhar 16 vezes e lideram o quesito.

Em número de desarmes o Inter não está em primeiro, mas aparece na 6ª posição com 69 acertos. O Corinthians lidera a estatística com 94 roubadas de bola, seguido por Grêmio, Coritiba, Palmeiras e América-MG.

A campanha dos gaúchos até o momento tem um empate com o Santos (1 a 1), uma derrota para o Ceará (1 a 0), e uma vitória sobre o América-MG (4 a 2). Domingo, às 16 horas, o Palmeiras, um dos líderes do campeonato, visita o Beira-Rio. Chance para o time embalar e tentar evitar o décimo jogo consecutivo tendo a defesa vazada.
 

Leia tudo sobre: InternacionalBrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG