Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Inter encara estádio intransponível logo na estreia do Brasileiro

Time gaúcho vai enfrentar o Santos, fora de casa, na primeira rodada do Campeonato Brasileiro 2011

Gabriel Cardoso, iG Porto Alegre |

Alexandre Lops/AI Internacional
Atacante Edu foi titular na derrota de 2010
A divulgação da tabela do Campeonato Brasileiro 2011 traz um grandedesafio para o Inter logo na primeira rodada. O time nunca venceu o Santos na Vila Belmiro, e será este o primeiro compromisso dos comandados de Celso Roth, dia 21 ou 22 de maio.

Pelo Brasileirão, o retrospecto gaúcho é péssimo. O Inter visitou a casa do Santos 11 vezes, saiu com um empate e 10 derrotas. Incluindo outras competições, são 14 jogos, 4 empates e 10 derrotas. O Inter até já superou o adversário fora de casa, mas não na Vila Belmiro.

Foi no Brasileirão de 2009 a única vez que o Internacional trouxe um ponto para Porto Alegre. Alecsandro marcou 3 gols e os times empataram em 3 a 3. Ano passado, Neymar anotou no 1 a 0 favorável aos paulistas. Confira outros jogos recentes:

 2008 – Santos 1 x 0 Inter – Gol de Gustavo Nery (contra).

2007 – Santos 2 x 1 Inter – O atacante Adriano colocou o Inter na frente, mas Kléber Pereira e Kléber, lateral-esquerdo que agora está em Porto Alegre, viraram.

2006 – Santos 2 x 1 Inter - O Inter poupou alguns jogadores porque logo em seguida começaria a decidir a Libertadores contra o São Paulo. Iarley colocou os gaúchos na frente, mas Wendel (dois gols), sendo o segundo aos 47 minutos do segundo tempo, virou o placar.

2005 – Santos 0 x 4 Inter – Alex fez dois gols e Rafael Sóbis outros dois, mas a partida foi em São Caetano do Sul.

2004 – Santos 3 x 0 Inter – Os campeões brasileiros daquele ano venceram fácil. Robinho, Basílio e André Luiz marcaram.

2003 – Santos 2 x 1 Inter – Outra derrota de virada. Edu Silva colocou o Inter na frente, mas Fabiano Costa e William viraram o placar.

2002 – Santos 3 x 3 Inter – Jogo válido pela Copa do Brasil. O Inter passou de fase, mas não ganhou em São Paulo. Fabiano e Fernando Baiano (duas vezes) marcaram para os gaúchos.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG