Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Inter desdenha da disputa pelo terceiro lugar

Acabou o ano. Temos que descansar agora, decretou o meia-atacante Giuliano

Gazeta Esportiva |

A falta de competência na hora de finalizar a gol foi um dos principais motivos apontados pelo Internacional para a derrota prematura no Mundial de Clubes. Com os 2 gols sofridos, o time gaúcho caiu fora da disputa pelo título, mas permanecerá em Abu Dhabi até sábado, quando jogará a decisão do terceiro lugar. O pensamento exprimido por dirigentes e pelo técnico Celso Roth logo após a derrota foi compartilhado pelos jogadores nas explicações para o fracasso.

"Se a gente tivesse aproveitado no início, a história teria sido completamente diferente", afirmou Giuliano, lembrando as quatro chances de gol criadas no começo da partida e não convertidas pelo Inter. "Procurei fazer o melhor quando entrei e até tive uma chance. Infelizmente não acertei. Não é todo jogo que a bola vai entrar, e hoje não fomos eficientes na finalização".

Para Giuliano, a temporada de 2010 terminou nesta terça: "Acabou o ano. Temos que descansar agora. Vamos precisar do torcedor para dar a volta por cima", salientou o meia, esquecendo que sábado, às 12h (de Brasília), o Inter disputará o terceiro lugar no Mundial de Clubes contra o perdedor de Internazionale x Seongnam, que jogam às 15h (de Brasília), desta quarta.

Alecsandro compartilha da opinião do colega. "Para mim, o Mundial acaba aqui". No entanto, o centroavante garantiu que o time fará o máximo para vencer no sábado. "É a hora da dignidade. Ninguém saiu de Porto Alegre para disputar o terceiro lugar, mas é hora de mostrar honra".

Decepcionado, o capitão Bolívar exprimiu o constrangimento em disputar o terceiro lugar, preliminar da decisão. "Estes quatro dias vão demorar um mês. Vai ser complicado. A gente vai ter que tirar forças de onde não tem".

Ninguém ficou mais triste, porém, que o atacante Rafael Sobis. Visivelmente emocionado, o jogador lembrou de todo o planejamento, que foi por água abaixo com a zebra africana: "É da vida. Acho que eu não tinha perdido com o Inter em uma fase tão decisiva. A gente fez tudo certinho, nos preparamos bem", lamentou.

Leia tudo sobre: internacionalmundial de clubes

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG