Placar de 1 a 1 bastou para que a equipe de Leonardo se credenciasse a enfrentar o Palermo na decisão

A Internazionale de Milão bateu a Roma por 1 a 1 nesta quarta-feira e garantiu sua passagem à final da Copa da Itália. Com o resultado, o time chega à sua 13ª final da competição em sua história, e irá enfrentar o Palermo - que eliminou o Milan - na decisão, no próximo dia 29 de maio.

A Inter está, inclusive, em sua sexta final em sete anos. Das cinco finais passadas, o time enfrentou a Roma (adversário destas semifinais) em todas elas, vencendo três e perdendo duas. O único ano em que os dois times não foram finalistas desde 2005 foi quando a Lazio bateu a Sampdoria na decisão.

Atacante camaronês Samuel Eto festeja depois de marcar seu gol
AFP
Atacante camaronês Samuel Eto festeja depois de marcar seu gol

O jogo
O primeiro tempo da partida foi bastante fraco, sem muitas chances de gol para nenhuma das equipes, que terminaram em um 0 a 0, que já era um resultado que levaria a Inter à final.

No entanto, o time de Milão estava disposto a vencer e conseguiu abrir o placar rapidamente. Já aos 12 minutos da etapa final, Eto'o aproveitou uma sobra da zaga da Roma para bater colocado, com categoria, no cantinho de Doni, para abrir o placar.

Pouco depois, Pazzini teve boa chance para ampliar. Ele recebeu um lindo lançamento de Chivu, passou por Juan, invadiu a área e finalizou, mas desta vez Doni estava bem posatado e conseguiu fazer a defesa, evitando o segundo da Inter.

Em seguida, Milito também tentou e não conseguiu marcar. O jogador recebeu dentro da área, deu uma finta seca no defensor e ficou cara a cara com Doni, mas bateu muito fraco e o goleiro defendeu.

A Roma também teve uma chance impressionante aos 30 minutos. Borriello recebeu na área e bateu com força, vencendo o goleiro Julio Cesar. No entanto, a bola bateu nas duas traves antes de sair.

Aos 38 minutos, no entanto, após cruzamento na área, a Roma conseguiu o empate, para botar fogo no jogo. Borriello subiu mais que todo mundo e cabeceou com classe, no canto de Julio Cesar. No último lance, até Doni foi para a área tentar a cabeçada para virar o jogo para a Roma, mas não conseguiu impedir a classificação da Inter.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.