Tamanho do texto

Clube minimiza a exclusão de Porto Alegre como sede da competição em 2013 e exalta Copa no Beira-Rio

O Internacional não se abalou com a perda da Copa das Confederações . Porto Alegre ficou fora das sedes escolhidas para a competição de 2013, muito por conta dos atrasos nas obras do Beira-Rio, que estão paradas há quatro meses.

Veja: Fife define sedes da Copa das Confederações

“O Inter gostaria de ser sede da Copa das Confederações, mas o compromisso do clube sempre foi com a Copa do Mundo. São Paulo, a cidade mais importante em termos econômicos, está fora, por exemplo. O importante é que o Beira-Rio foi escolhido sim . Para se ter uma ideia do feito, dos 20 clubes da Série A, apenas três terão seus estádios no Mundial de 2014 (Inter, Corinthians e Atlético-PR). Este "vestibular" muito mais difícil e concorrido foi vencido pelo Inter, que será sede da Copa, evento muito superior em importância à Copa das Confederações”, diz a nota oficial do clube.

Divulgado o calendário da Copa de 2014

O clube também reafirma que não irá acelerar o processo de assinatura de contrato com a Andrade Gutiérrez. O debate a respeito do vínculo já vem desde maio . A empreiteira será responsável por financiar o restante da obra e terá direito a explorar o estádio por 20 anos.

E ainda: Prefeito vê atraso do Beira-Rio como decisivo para derrota de Porto Alegre

“As negociações com a Andrade Gutierrez para a elaboração do contrato de parceira por 20 anos começaram em maio. É um contrato longo e que irá repercutir nas próximas duas décadas no Inter, por isso estão sendo tomados todos os cuidados em busca do melhor possível para ambas as partes. É imperioso dizer que especialistas neste tipo de contrato calculam de seis a oito meses o prazo comum para este tipo de acordo ser sacramentado. A negociação está, desta forma, dentro de um prazo normal”, completa.

Saiba quais jogos serão realizados em Porto Alegre em 2014

O Inter também deu mais detalhes sobre os motivos para interromper a obra. O compromisso com a Gutierrez prevê que a construtora só será responsável por financiar os trabalhos a partir da assinatura do vínculo . Assim, se Inter continuasse fazendo as reformas teria que bancar com seus próprios recursos.

Os dirigentes preferiram não rebater as declarações de Eduardo Antonini , presidente da Grêmio Empreendimentos, que se irritou com a perda da Copa das Confederações . O presidente Giovanni Luigi voltou a reafirmar que o Beira-Rio é o estádio escolhido pela Fifa para a Copa.

Grêmio tem a maior torcida do Twitter. Amplie a do Inter

"Não vou comentar manifestações de outros dirigentes. O compromisso do Internacional era ser sede da Copa de 2014. A maior resposta foi dada hoje. Está no site da Fifa. O Beira-Rio é o estádio da Copa do Mundo de 2014. O Beira-Rio tem tudo pra ser o estádio de 2014", disse.

Entre para a Torcida Virtual do Inter e comente sobre a Copa do Mundo