iG analisa elenco e mostra quem foram os principais jogadores de mais uma conquista. Vote no seu escolhido

[]O Internacional venceu o clássico Gre-Nal , no estádio Olímpico, neste domingo, e conquistou o título gaúcho de 2011. O iG aponta quem foram os destaques da campanha vitoriosa:

Renan * * * 5 jogos/5 gols sofridos
Assumiu a titularidade na reta decisiva e não cedeu mais o lugar para Lauro. Chegou a ser contestado no primeiro jogo da final, mas recebeu respaldo de Falcão e deve seguir como titular. Se destacou na conquista do título do segundo turno, pegando um dos pênaltis do Grêmio.

Lauro * * *10 jogos/11 gols sofridos
Começou o ano como titular. Fez bons jogos. Se machucou e acabou perdendo a titularidade.

Nei * * 10 jogos
Não é o jogador preferido da torcida, mas é o titular absoluto. Foi quem mais acertou desarmes.

Rodrigo Moledo *  6 jogos
Único zagueiro a ser destacado. O setor é a maior causa de preocupação no clube. Nem Bolívar, nem Índio e nem Rodrigo conseguiram convencer. Moledo apareceu como grande novidade do Inter B. Fez bons jogos e pode ser uma promessa para o resto da temporada.

Kléber * * * 11 jogos
Não vive o melhor momento no Inter, mas segue sendo um dos melhores laterais do futebol brasileiro. Contribui muito com seus cruzamentos e assistências para gol. Forma grande parceria com D´Alessandro pelo lado esquerdo do campo.

Bolatti, a melhor contratação da temporada
Gazeta Press
Bolatti, a melhor contratação da temporada
Bolatti * * * * 7 jogos/1 gol
O argentino foi a melhor contratação do time na temporada. Na Libertadores chegou a fazer três gols. No Gauchão foi apenas um, mas é unanimidade entre os titulares.

Guiñazu * * * 12 jogos
Sempre incansável no meio-campo. Não é um jogador decisivo, mas faz o trabalho sujo de desarmar o adversário.

Tinga * * 8 jogos/1 gol
O volante não chegou a ter uma grande campanha. Viveu altos e baixos, ganhando e perdendo a titularidade, mas fez o gol que deu a vitória para o Inter na semifinal do segundo turno, contra o Juventude, em Caxias do Sul, quando o time tinha um jogador a menos.

Ricardo Goulart * * * 7 jogos/4 gols
O jovem meia-atacante (20 anos) foi um dos poucos que se destacou no Inter B. O time reserva disputou as primeiras partidas do estadual e ele foi o autor de quatro gols.

Oscar * * * * * 11 jogos
Xodó da torcida. O garoto de 19 anos joga como gente grande. Foi um dos melhores jogadores do time entre fevereiro e março. Perdeu um pouco de espaço com Falcão, pois se lesionou. Mas deverá ser titular no restante da temporada.

O jovem Oscar, entre os melhores do time no começo do ano
Vipcomm
O jovem Oscar, entre os melhores do time no começo do ano


Andrezinho * * * * 14 jogos/3 gols
Substituiu Oscar, fez bons jogos e ganhou a admiração de Falcão. Fez gol no Gre-Nal decisivo.

D´Alessandro * * * * 10 jogos/4 gols
Toque refinado, servindo os companheiros e por vezes também fazendo gol. Desligou-se dos jogos em algumas vezes, mas segue sendo o grande expoente técnico do time.

Zé Roberto * * * 10 jogos/1 gol
Começou o ano bem, mas caiu de rendimento. Era adorado por Roth, perdeu bastante espaço com Falcão. Entrou durante o jogo e ajudou o Inter a virar o Gre-Nal decisivo.

Rafael Sobis * * * 10 jogos/2 gols
Grande vítima do esquema tático do Inter. Celso Roth o obrigava a jogar como meia-esquerda, quando todos sabem que ele é atacante. Falcão colocou Sobis na sua função de origem e ele começou a fazer gols. As dores no joelho prejudicaram suas últimas atuações.

Leandro Damião, o artilheiro do Internacional
Vipcomm
Leandro Damião, o artilheiro do Internacional


Leandro Damião * * * * * 13 jogos/17 gols
Craque e artilheiro do time. Fez mais gols do que o número de jogos, uma média muito boa. Chegou ao fazer hat-trick (três gols no mesmo jogo) em três partidas do estadual. Balançou a rede do Grêmio nos três clássicos.

Falcão * * * * 5 jogos
Chegou e nem teve tempo para pensar. Encarou decisão atrás de decisão. Acabou perdendo a Libertadores, mas conseguiu salvar o time no Gauchão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.