Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Inter admite fraco desempenho no México

Time perdeu para o Jaguares e terá de assegurar a vaga contra o Emelec, na última rodada da Liberatdores

Gabriel Cardoso, iG Porto Alegre |

Reuters
Nem a dupla Leandro Damião e Oscar conseguiu dar um melhor resultado para o Internacional
Mais do que a derrota para o Jaguares por 1 a 0, o Inter teve uma atuação fraca, no México. Foi consenso no vestiário, após a partida, que o clube gaúcho fez uma apresentação abaixo da média.

“Realmente não fomos bem, temos que assumir isto. Não era o que planejávamos. Eles nos marcaram e saíram no contragolpe. Fizeram o gol em um descuido nosso. Não conseguimos nos impor. Estávamos com volume de jogo, mas sem objetividade nenhuma. Todos nós fomos abaixo do que poderíamos mostrar”, disse o técnico Celso Roth.

A forma de jogar do Jaguares foi um complicador para o Inter. O time de Roth tem encontrado dificuldades para furar o bloqueio de times que jogam recuados.

“A equipe não foi bem. Pegou outra vez uma equipe retrancada e não conseguiu marcar gols”, avaliou o presidente Giovanni Luigi.

Mesmo com o resultado negativo os gaúchos seguem na liderança do grupo 6 com 10 pontos. O Jaguares chegou a 9 pontos. O Emelec visita o Jorge Wilstermann nesta quinta-feira e poderá também chegar aos 10 pontos. Na última rodada, dia 19, o Inter recebe o Emelec. Se tivesse pelo menos empatado nesta quarta-feira, já estaria classificado.
 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG