Lateral não poderá atuar no Botafogo contra o Madureira nesta quarta, pela terceira rodada do estadual

Márcio Azevedo foi o primeiro reforço apresentado oficialmente pelo Botafogo. Mesmo assim, o lateral-esquerdo ainda não foi regularizado e não poderá enfrentar o Madureira, nesta quarta-feira, às 22h, no estádio Engenhão. Esperando uma liberação da Federação Paranaense de Futebol, o jogador ainda não está regularizado no Boletim Informativo de Registro de Atleta (Bira), da Federação de Futebol do Rio de Janeiro.

Assim, o técnico Joel Santana pode ter dificuldade para escalar a equipe. Somália, que atuou improvisado na ala-esquerda, na última partida, sentiu um problema no joelho e pode não ter condições de jogo. Neste caso, Joel só teria o jovem Guilherme, promovido das categorias de base, para a posição. Além de Somália, o lateral-direito Lucas também sentiu dores no treinamento da última terça-feira e corre o risco de não atuar.

Márcio Azevedo (direita) corre ao lado de Antônio Carlos no treino do Botafogo
Gazeta Press
Márcio Azevedo (direita) corre ao lado de Antônio Carlos no treino do Botafogo


E não é só com Márcio Azevedo que o Botafogo tem que se preocupar. O clube precisa correr contra o tempo para regularizar os volantes Arévalo Ríos e Rodrigo Mancha, e o meia Everton. A equipe de General Severiano tem até a próxima quinta-feira para regularizar o trio na federação. Se a situação não for resolvida até a data estipulada, os reforços só poderão ser utilizados pelo técnico Joel Santana no segundo turno, na disputa da Taça Rio.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.