Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Início desastroso faz Atlético-PR ligar 'sinal de alerta'

Equipe da capital parananese perdeu os três jogos que disputou até o momento no Brasileirão

Gazeta |

A derrota por 1 a 0 para o Palmeiras , neste sábado, no Canindé, foi o terceiro resultado negativo do Atlético-PR nesta edição do Campeonato Brasileiro. Ainda sem pontuar, a equipe de Curitiba amarga a última colocação e ainda não conseguiu marcar gols. O cenário desastroso já começa a preocupar o elenco, que já admite ter ligado o "sinal de alerta" na competição.

"O sinal de alerta está ligado desde que o campeonato começou. A gente treina, mas chega no jogo e tomamos o gol. Quando estamos melhores, ficamos com um jogador a menos. É complicado jogar fora de casa contra o Palmeiras com um a menos", declarou o meio-campo Robston, citando a expulsão de Rômulo aos 12 minutos do segundo tempo.

"Três partida e três derrotas. Não tem que dar risada. Temos que nos preocupar e continuar trabalhando", acrescentou o meia Madson, que deixou o gramado do estádio da Portuguesa com cara de poucos amigos.

O meia Branquinho foi outro que citou o cartão vermelho aplicado pelo árbitro Péricles Bassols. "A gente conversa a cada dia para melhorar, mas está difícil. Não pode tomar um gol besta desses... A gente fala também que é importante começar com 11 e terminar com 11 e hoje não foi assim", lamentou o camisa 8.

Além do revés para o Verdão, o Furacão foi derrotado por 3 a 0 pelo Atlético-MG na primeira rodada, fora de casa, e por 1 a 0 pelo Grêmio no jogo seguinte, em Curitiba. Na quarta rodada, encara o Flamengo, na Arena da Baixada. O jogo está marcado para às 18h30 (de Brasília), no próximo domingo.

Antes de entrar em campo, porém, a equipe tem a chance de torcer contra seus concorrentes diretos. O rival Coritiba, focado na decisão da Copa do Brasil, também perdeu os dois primeiros jogos e agora recebe o Vasco, neste domingo. Outro que não pontuou ainda é o Avaí, que vai à Vila Belmiro enfrentar o Santos.

"Temos que continuar trabalhando porque não tem nada perdido, o campeonato começou agora", finalizou Branquinho.

Leia tudo sobre: Atlético-PRbrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG