Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Inglês fanático pelo Corinthians foi a todos os jogos do time no ano e pretende lançar livro

Escritor e dono de um pub em São Paulo, Rob Cavallini mudou-se para o Brasil neste ano com o objetivo de acompanhar todos os jogos do clube no centenário. Aventura se encerrou em Goiânia

Bruno Winckler, enviado iG em Goiânia |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237882142366&_c_=MiGComponente_C

Um inglês maluco pelo Corinthians encerrou no Serra Dourada, domingo, uma jornada e tanto em 2010. Rob Cavallini, diretor do Corinthian-Casuals e escritor especializado em futebol, foi a nada menos que todos os jogos oficiais do Corinthians no ano. Assunção, Bogotá, Montevidéu, Fortaleza. Sem se importar com distâncias, Cavallini sempre esteve ao lado do time.

Seu objetivo agora é lançar um livro, o sexto da sua carreira, sobre suas experiências nessas viagens. O livro já tem até título: "Oi, gringo". É a primeira coisa que eu ouço quando entro num estádio aqui no Brasil. É engraçado, conta Cavallini, que já encarou todo tipo de viagem atrás do Corinthians. Em 25 jogos eu fui em excursão com a Gaviões da Fiel. Me diverti muito. Não tive nenhum tipo de problema, conta.

Bruno Winckler
Rob Cavallini em frente ao Serra Dourada, antes da partida contra o Goiás

A Goiânia ele viajou sem companhia. Deixou São Paulo de avião na manhã de domingo e voltou para a capital paulista no mesmo dia, de ônibus, às 22h. Loucura? Vale a pena. Tenho vivido coisas incríveis e espero contar tudo no livro. Foram mais de 50 mil quilômetros percorridos. Quanto gastou nessa brincadeira? Ainda não parei para pensar nisso, brinca o escritor, que começou a se interessar pelo Corinthians em 2000, durante o Mundial de Clubes da Fifa no Brasil.

O inglês de 32 anos mudou-se para o Brasil em janeiro. Casado com a paulistana Thelma Cavallini há quatro anos, montou um típico pub inglês no bairro da Bela Vista no centro de São Paulo e divide suas tarefas no bar com tudo que é relacionado ao Corinthians. O daqui e o inglês. Mesmo a distância ele trabalha como um diretor de marketing não-remunerado do Corinthian-Casuals, clube da sexta divisão inglesa que inspirou o nome do Corinthians Paulista na fundação do clube, em 1910.

Dos cinco livros que escreveu, quatro abordam um clube chamado Corinthians como tema principal. Três tratam da história do Casuals e o outro fala de outro xará do clube, o Islington Corinthians, que não existe mais. O primeiro dos livros de Cavallini com o Corinthians do Brasil como protagonista deve ser publicado em 2011. O inglês ainda não fechou contrato com nenhuma editora, mas primeiro o livro deverá ser lançado na Inglaterra.

Sem tradução para o português, os livros de Cavallini podem ser encontrados em dois sites ingleses: www.ebay.co.uk e no www.soccer-books.co.uk. A expectativa do escritor é que por se tratar do Corinthians Paulista seu novo livro desperte o interesse de editoras brasileiras. É o que espero, mas antes eu tenho de terminar o livro.

O capítulo final aconteceu domingo no Serra Dourada. Ele ainda não foi escrito, mas é certo que não terá o desfecho que Cavallini e todos os corintianos esperavam. Mesmo sem título a história do ano do centenário do Corinthians vai ser contada, disse o inglês.

Leia tudo sobre: corinthians

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG