Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Independiente abre pré-Libertadores contra 'Racing equatoriano'

O caminho tem início às 22h15 (de Brasília) desta terça-feira, contra o Deportivo Quito, em Avellaneda

Gazeta |

Maior vencedor da Copa Libertadores da América, o Independiente terá que passar pela repescagem do torneio sul-americano se quiser erguer seu oitavo troféu neste ano. O caminho tem início às 22h15 (de Brasília) desta terça-feira, contra o Deportivo Quito, em Avellaneda.

Ao menos a primeira partida terá gosto de rivalidade antiga para o Independiente, no que depender dos torcedores do Racing. Eles não irão torcer contra a equipe roja como sempre fazem. Prometem torcer ainda mais, já que têm uma ligação íntima com o time do Equador.

Por ter sido fundado como Sociedade Deportiva Argentina, o agora Deportivo Quito tem uma série de semelhanças com o Racing, como um uniforme alternativo nas cores azul e branco, o apelido Academia e um canto de torcida idêntico ao que é entoado pelos hinchas argentinos.

Fora a pressão por retornar à principal competição continental depois de sete anos ausente, com vaga conquistada ao se sagrar campeão da Sul-americana no ano passado, o Independiente iniciou a preparação para a temporada perdendo para San Lorenzo, Boca Juniors e Aldosivi.

O meia-atacante Matías Defederico, emprestado pelo Corinthians até o fim do ano, quer resolver o duelo na Argentina. "Temos que ganhar de 3 a 0 para irmos tranquilos à altitude (de Quito). O resultado nos amistosos não foram os melhores, mas o time se preparou bem", comentou.

Ciente do favoritismo do Independiente na partida de ida, o técnico Fabián Bustos admite que o objetivo do Deportivo é levar um placar para decidir na altitude. "Venho buscar o empate, o 0 a 0. Gosto de atacar, mas este jogo é de 180 minutos e não tomar gol seria bárbaro", disse.

FICHA TÉCNICA
INDEPENDIENTE X DEPORTIVO QUITO

Local: Estádio Libertadores da América, em Avellaneda (Argentina)
Data: 25 de janeiro de 2011, terça-feira
Horário: 22h15 (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (BRA)
Assistentes: Roberto Braatz e Marcio Santiago (ambos do BRA)

INDEPENDIENTE: Hilario Navarro; Eduardo Tuzzio, Carlos Matheu, Julián Velázquez; Nicolás Cabrera, Roberto Battión, Cristian Pellerano e Lucas Mareque; Matías Defederico, Facundo Parra e Andrés Silvera
Técnico: Antonio Mohamed

DEPORTIVO: Marcelo Elizaga; Pedro Esterilla, Luis Checa, Isaac Mina e Mariano Mina; Segundo Castillo, Alex Bolaños, Luis Fernando Saritama, Juan Carlos Paredes; Michael Quiñónez e Maximiliano Bevacqua
Técnico: Fabián Bustos

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG