Expectativa da diretoria mineira é de que 15 mil torcedores compareçam à Arena do Jacaré, em Sete Lagoas

Faltando apenas duas rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro da Série B, o Sport precisa vencer o América-MG no sábado, às 17h (Brasília), na Arena do Jacaré, para seguir sonhando com o acesso à Série A do futebol nacional e salvar um ano de altos e baixos. O clube de Recife está em sexto, com 56 pontos, a três da equipe mineira, a última entre os classificados à primeira divisão.

Campeão pernambucano, o Leão da Ilha começou a Série B de forma irregular, e venceu sua primeira partida apenas na sexta rodada, por 1 a 0, sobre o Paraná. Na sequência, uma goleada por 5 a 0 sobre o América-RN deu esperanças ao torcedor, mas o time continuava oscilando. Nas rodadas seguintes, empatou com a Ponte Preta e perdeu para Coritiba e Duque de Caxias.

Ainda com Toninho Cerezo no comando e sem Marcelinho Paraíba, o Sport empatou com o Náutico na 12ª jornada e deu início a uma série invicta de 12 partidas que deixou o clube perto das primeiras posições. O problema é que o rubro-negro venceu apenas um jogo nos últimos seis e enfrentará o América-MG cheio de desfalques e dúvidas.

Ao longo da semana, Geninho montou a equipe com duas formações. Primeiro, implantou o 3-5-2, com Magrão; Igor, Tobi e Montoya; Renato, Germano, Daniel Paulista, Marcelinho Paraíba e Mateus; Wilson e Eliandro. Em seguida, o treinador poupou Igor, e promoveu a entrada de Élton, levando o time ao 4-4-2. "Vou fazer uma análise, com calma, do nosso treinamento. Igor estava sentindo dores, e como estou com poucos zagueiros, achei melhor poupá-lo", explicou.

Geninho também testou Eduardo Ratinho, primeiro na lateral direita no lugar de Renato, e depois na esquerda, na vaga de Mateus. "Ele treinou bem e é uma opção", admitiu o comandante.

Ratinho não joga desde o empate por 0 a 0 com o Bragantino em 14 de agosto, mas afirma que nunca desistiu de buscar sua chance. "Sempre trabalhei forte para que quando surgisse a oportunidade eu estivesse pronto. Este é um confronto excelente para se jogar. É bom atuar em momentos decisivos", afirmou o lateral direito ao "Diário de Pernambuco".

Geninho tem quatro desfalques para o duelo. Romerito está machucado, enquanto Dutra e André Leone foram expulsos contra o Santo André. Ciro, artilheiro do Sport na Série B com 16 gols, é o jogador mais indisciplinado do elenco e está novamente sem condições de jogo.

No último sábado, o atacante recebeu seu 12º cartão amarelo na competição e vai cumprir a quarta suspensão no torneio. Em todo o campeonato, ele só perde para o meia Dudu, do América-MG, e o zagueiro Everaldo, do Bragantino, com 15 advertências cada, e para o meia Guto, do Icasa, com 13.

Independente da formação e dos jogadores, a única certeza é que o Sport não pode deixar de vencer o Coelho. Um empate já tiraria as chances de acesso do clube pernambucano, já que o alviverde soma 18 vitórias contra apenas 15 do rubro-negro. "Como a gente precisa do resultado, temos que pensar no gol desde os primeiros minutos. Temos que buscar a vitória", reforçou Geninho.

No lado mineiro, o técnico Mauro Fernandes elogiou o adversário, mas avisou que este será o jogo da década do Coelho. "O Sport tem uma grande estrutura, tem ótimos jogadores e um técnico vencedor. Será uma decisão muito difícil, o jogo da década para nós, mas estamos confiantes, bastante concentrados no que precisamos", argumentou ao jornal "O Tempo".

A expectativa da diretoria é que 15 mil torcedores compareçam à Arena do Jacaré, em Sete Lagoas. Apenas em Belo Horizonte, 2.400 entradas já foram vendidas. "Contamos com a força do nosso torcedor, que tem sido fundamental para nós. Mesmo naqueles jogos em que tivemos poucos torcedores, não faltou incentivo, porque aqueles que foram se comportaram como verdadeiros heróis", exaltou.

O único problema de Fernandes será o meia Irênio, suspenso. O atacante Euller contraiu uma gripe durante a semana, mas está confirmado como dupla de ataque de Fábio Junior contra o Sport.

FICHA TÉCNICA
AMÉRICA-MG X SPORT

Local: Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG)
Data: 20/11/2010
Horário: 17h (Brasília)
Árbitro: Djalma Beltrami (RJ)
Assistentes: Marçal Rodrigues Mendes (RJ) e João Coelho de Albuquerque (RJ)

AMÉRICA-MG: Flávio; Micão, Preto e Gabriel; Marcos Rocha, Dudu, Leandro Ferreira, Hélton Luiz e Rodrigo; Euller e Fábio Júnior
Técnico: Mauro Fernandes

SPORT: Magrão; Igor (Élton), Tobi e Montoya; Renato (Eduardo Ratinho), Germano, Daniel Paulista, Marcelinho Paraíba e Mateus; Wilson e Eliandro.
Técnico: Geninho

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.