Treinador do Palmeiras revela que não foi consultado sobre a chegada do jogador argentino

A contratação do argentino Facundo Albaqui pelo Palmeiras não animou o técnico Luiz Felipe Scolari. Como o meia chega para atuar pelo time das categorias de base, o comandante alviverde se mostrou incomodado em falar sobre o atleta e não parece empolgado com o reforço.

"Quem fez os negócios resolveu com os times B ou C e, felizmente, não perguntou nada para mim. Nessa, eu não quero estar metido", esquivou-se.

De acordo com o vice-presidente de futebol palmeirense, Roberto Frizzo, Facundo Albaqui chega com contrato de um ano para a base, mas, como qualquer outro jovem atleta, pode ser promovido por Felipão aos profissionais, desde que agrade. O treinador, porém, volta seus olhos neste momento apenas para seu elenco principal.

"Não fui perguntado para nada. Por que eu teria de responder sobre isso? Minha parte é o profissional, não tenho nada a ver com juniores, departamento amador, contratações deles... Não sei quem indica ou como fazem. Minha indicação é para o profissional, onde trabalho no dia a dia", acrescentou.

O último clube de Albaqui, de 18 anos, foi o Sarmiento, da terceira divisão argentina. O atleta já realizou exames e acertou na quinta-feira com o time de Palestra Itália.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.