Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Wellington sofre lesão e abandona treino do São Paulo chorando

Volante caiu no gramado sozinho e sentindo fortes dores no joelho esquerdo, preocupando a comissão técnica

Gazeta |

O São Paulo sofreu uma importante baixa durante o coletivo da manhã desta terça-feira, no CT da Barra Funda, quando o volante Wellington se contundiu e deixou o campo chorando, com dores no joelho esquerdo. Com isso, ele não deverá enfrentar o Bragantino nesta quarta-feira, em jogo válido pela nona rodada do Campeonato Paulista.

Gazeta Press
O volante Wellington deixa o campo do CT da Barra Funda chorando, após sofrer uma lesão no joelho

O departamento médico do São Paulo ainda não revelou os detalhes da lesão de Wellington e nem a gravidade da contusão do jogador. Mas, ao que parece, o volante sofreu uma torção no joelho esquerdo. Ele deixou o campo chorando e gritando de dor, precisando ser levado de maca pelos seguranças do clube ao Reffis.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Ainda durante a primeira metade da atividade, Wellington, que estava atuando improvisado na lateral direita, caiu no gramado sozinho e sentindo fortes dores no joelho esquerdo, preocupando a todos da comissão técnica do São Paulo. Sem conseguir levantar e chorando de dor, o jogador teve que abandonar o treino de maca. Imediatamente, ele foi substituído pelo paraguaio Ivan Piris, que se recuperou de contusou e foi liberado pelos médicos.

Veja também: São Paulo pode apostar em Ademílson para consolidar melhor ataque

Wellington não entrou em campo na última quinta-feira, quando o São Paulo venceu o Paulista de Jundiaí por 3 a 1, pois estava suspenso. O camisa 5 voltaria ao time na lateral direita contra o Bragantino por opção de Leão, que preferia poupar Piris para o clássico de domingo.

Leia ainda: Leão pode poupar volante Casemiro contra o Bragantino

Wellington está sendo avaliado pelo departamento médico, mas deve ficar fora pelo menos dos próximos dois jogos, de acordo com a previsão mais otimista dos médicos do São Paulo.

Com apenas 20 anos, o jogador já realizou cirurgia no joelho esquerdo em junho de 2010, quando era capitão da seleção brasileira Sub-20 e rompeu o ligamento cruzado, sendo afastado por seis meses dos gramados. O grande temor do São Paulo é que a lesão seja a mesma do início da carreira.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG