Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Imprensa internacional vê "façanhas" em eliminações brasileiras

Jornal uruguaio diz que vitória do Peñarol sobre o Inter é "despertar de um gigante adormecido"

Francisco De Laurentiis, iG São Paulo |

Os jornais e sites de notícias internacionais parecem não acreditar na noite negra vivida pelos times brasileiros na Copa Libertadores da América . Veículos de imprensa do Uruguai, Colômbia, Paraguai e Chile veem como verdadeiras "façanhas" as vitórias do Peñarol sobre o Inter , do Once Caldas sobre o Cruzeiro , do Libertad sobre o Fluminense e da Universidad Católica sobre o Grêmio , que desclassificaram todos os times brasileiros. Só restou o Santos , que passou no sufoco pelo América do México , no torneio interclubes mais importante do continente.

[]O país com manchetes mais exaltadas foi o Uruguai. "O Peñarol dos milagres", estampou o "El País", maior veículo de imprensa local, que completou: "Um gigante vive na Copa Libertadores". O jornal ainda escreve que o tradicional clube de Montevidéu "calou muitas bocas" e "despertou" de um longo sono. Outro veículo uruguaio, o "El Observador" chamou a eliminação do Internacional de "El Beirariazo", um trocadilho com a famosa expressão "Maracanazzo" (vitória do Uruguai sobre o Brasil na final da Copa do Mundo 1950, no Maracanã) e Beira-Rio, o estádio do clube gaúcho.

Na Colômbia, os jornais parecem incrédulos com a vitória do Once Caldas, 16º time na primeira fase da Libertadores, sobre o Cruzeiro , equipe de melhor campanha na competição. Mais importante veículo do país, o "El Tiempo" classificou como "façanha épica" a vitória do time colombiano em plena Arena do Jacaré, em Sete Lagoas-MG, lembrando que o time mineiro estava invicto em casa. "O Once fez o que parecia impossível", completou o "La Patria", de Manizales, cidade do Once Caldas - lembrando ainda que o próximo desafio do time será o "Santos de Neymar e Ganso ."

A expressiva vitória do Libertad para cima do Fluminense fez o jornal "Ultima Hora" soltar seu lado torcedor. "Com muita raça", diz o veículo, "o Libertad dominou amplamente" o adversário e avançou para enfrentar o vencedor de Vélez Sarsfield e LDU. Mais comedido, o "ABC Color" também ressaltou o espírito de luta da equipe guarani, que só conseguiu os gols de garantiram a classificação no final da partida.

Quem menos se exaltou foram os jornais chilenos. Já tranquilos com a vitória da Universidad Católica no estádio Olímpico, os veículos consideraram como natural a classificação da equipe de Santiago sobre o Grêmio . "Católica cumpriu o esperado", diz o "El Mercurio". Confiante, o "La Tercera" já coloca a equipe branca e azul como uma das favoritas ao título da Copa Libertadores. O último time do país a vencer o torneio foi o Colo Colo, em 1991.

O jornal argentino "Olé" também aproveitou para cutucar os brasileiros , especialmente o Internacional . A revanche brasileira pode ser dada na noite desta quarta-feira, quando o Estudiantes viaja para enfrentar o Cerro Porteño (primeiro jogo foi 0 a 0) e o Vélez vai ao Equador enfrentar a perigosa LDU, que precisa reverter vantagem de três gols dos argentinos.

Leia tudo sobre: Futebol MundialCruzeiroFluminenseInternacionalGrêmio

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG