Jornais usaram o nome do estádio da decisão para definir o 15º título do Uruguai na competição

Chamada de "Rei dos Reis", a seleção uruguaia teve amplo destaque na imprensa de seu país nesta segunda-feira, um dia depois de ter vencido o Paraguai por 3 a 0 na final da Copa América , triunfo que a isolou como maior campeã da história do torneio, com 15 títulos, um a mais que a Argentina.

Os jornais "El Observador" e "La República" tiveram manchetes parecidas e usaram o nome do estádio em que a decisão foi disputada, o Monumental de Nuñez. O primeiro estampou a frase "Uma festa de 15" na capa e a palavra "Monumental" na primeira página do caderno de esportes, enquanto o segundo falou em "Monumental festa dos 15".

"El Observador" destaca, além disso, que a 'Celeste' venceu "com cabeça de campeão", com "a melhor versão do futebol uruguaio nos últimos anos". "Adeus às velhas lembranças", acrescenta o periódico, em referência à tradicional nostalgia futebolística do país, que há décadas recorda as conquistas dos Jogos Olímpicos de 1924 e 1928 e as Copas do Mundo de 1930 e 1950.

Por sua vez, o jornal "El País" abre sua edição desta segunda-feira com um patriótico "Uruguai, um grito que nasce da alma", enquanto o "La Diaria" destaca o placar de 3 a 0 sobre os paraguaios, dizendo que a vitória veio "Sem sofrer".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.