Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Imprensa britânica coloca Chelsea fora da briga por Neymar

Site "The Sun" traz declarações de Roman Abramovich que decretam o encerramento das negociações pelo atacante

iG São Paulo |

O Chelsea está fora da briga pelo atacante Neymar, do Santos. Segundo o site inglês "The Sun", o presidente e dono do Chelsea, Roman Abramovich, não está disposto a seguir na briga pelo jogador, que tem uma multa rescisória de 45 milhões de euros.

Abramovich disse que não está disposto a arcar com os altos custos da multa do contrato do jogador, que tem vínculo com o Santos até 2015 e que interessa também ao Real Madrid, da Espanha. O Chelsea chegou a fazer uma oferta ao jovem atacante santista de 30 milhões de libras (34 milhões de euros), mas a quantia não foi suficiente para seduzir a diretoria do Santos, que decidiu manter o jogador.

O bilionário russo deu a entender que não acompanha muito a carreira de Neymar e aparentemente o confundiu com Paulo Henrique Ganso ao dizer que não quer fazer um investimento muito alto "por um jogador tão jovem, de 19 anos, e com um histórico de lesões". Depois que subiu para o time profissional do Santos, em 2009, Neymar não sofreu nenhuma lesão grave que o afastasse por muito tempo dos gramados.

A publicação inglesa aponta ainda que uma fonte do Chelsea deu por encerradas as negociações e abriu caminho para ao Real Madrid fechar o negócio. "José Mourinho está disposto a pagar este preço, então tem o seu homem", disse a fonte, que não foi revelada.

O "namoro" entre Real Madrid e Neymar ganhou força há cerca de 15 dias, quando surgiram mensagens de um dirigente do clube espanhol para Ronaldo, que cuida da imagem de Neymar através de sua empresa, a "Nine", pedindo para que o "Fenômeno" tentasse convencer o jovem atacante do Santos a fechar negócio com o clube. De acordo com o tablóide inglês, o treinador Jose Mourinho teria aceitado pagar os cerca de R$104 milhões pedidos pelo Santos para levar o atacante para Madri.

Neymar é uma das principais prioridades do Real para a temporada 2011/2012. Além do brasileiro, estão na pauta de contratações do clube o argentino Sergio Agüero e o português Fabio Coentrão.

EFE
Principal esperança do Santos para conquistar a Libertadores, Neymar não deve jogar na Inglaterra

Leia tudo sobre: NeymarSantosChelseareal madridfutebol mundial

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG