Grêmio paralisa negociações com Colo Colo para contratar atacante

O otimismo do Grêmio não se confirmou nesta terça-feira. Uma novidade dificulta o acerto com o atacante Paredes. Há um impasse entre os detentores dos direitos econômicos do jogador. O Colo Colo quer mantê-lo enquanto o Santiago Morning, também do Chile, deseja vendê-lo.

Na segunda-feira, o assessor de futebol Cesar Cidade Dias acreditava ser possível chegar a um consenso nesta terça . Não foi o que aconteceu.

"A negociação continua em andamento. Demos uma pequena pausa para definir questões contratuais. A situação é um pouco diferente porque ele tem vinculação com dois clubes", comentou José Simões, outro assessor de futebol.

O Colo Colo tem 40% dos direitos e o Santiago Morning, 60%. Uma alternativa é pegar a multa rescisória de US$ 2 milhões (R$ 3,2 milhões), valor considerável alto pelo Grêmio.

Ao mesmo tempo em que tenta contratar, o time gaúcho reformula o elenco. Nesta terça, o goleiro reserva Busatto foi emprestado ao ASA, de Alagoas. O contrato será até o dia 31 de dezembro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.