Ex-goleiro conquistou 13 títulos em dez anos de carreira no clube gaúcho

Danrlei é, talvez, o ídolo mais recente da história do Grêmio . Ao deixar o clube em 2003, com 13 títulos em dez anos, entre eles Libertadores, Brasileirão e Copa do Brasil sob o comando de Luiz Felipe Scolari, o ex-goleiro, revelou um desejo: ser presidente do clube do coração. Agora, o sonho virou projeto de vida.

Entre para a Torcida Virtual do Grêmio e convide seus amigos

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

Na noite de segunda-feira, em entrevista à Grêmio Rádio, Danrlei, 38 anos, disse que pensa em se candidatar. Não há, porém, prazo:

“Um dia serei candidato. Não sei se daqui a um, dois, quatro ou seis anos. Quero me aproximar da política do Grêmio, ser conselheiro e me candidatar à presidência. Vai depender das pessoas do clube”.

Para transformar o sonho em realidade, o ex-jogador pretende se aproximar da política do clube. Primeiro irá se associar, depois virar conselheiro e, por fim, candidato. Até o momento, ele não participa de nenhum grupo político.

“Dois anos para o presidente é pouco, isso precisa mudar. O planejamento tem que ser maior. E enquanto eu conseguir ver que posso participar disso, vou lutar para que isso mude”, encerrou Danrlei.

Atualmente, Danrlei é deputado federal pelo PTB do Rio Grande do Sul. Ele entende que é possível conciliar a vida política com as obrigações administrativas do clube.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.