Atacante sueco do Milan pretende acabar com sua carreira enquanto ainda estiver em boa fase

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237854314731&_c_=MiGComponente_C

O atacante sueco Zlatan Ibrahimovic, do Milan, afirmou nesta terça-feira à edição italiana da revista "Vanity Fair" que pensa em se aposentar "daqui a três anos, no máximo", já que considera que é melhor pendurar as chuteiras ainda em boa fase.

Além disso, ao ser perguntado sobre a possibilidade de o técnico português José Mourinho, do Real Madrid, lhe chamar para vestir a camisa merengue, o atacante descartou a possibilidade de transferência. "Não, sou jogador do Milan agora e não penso em outra coisa", afirmou.

Ibrahimovic revelou que Mourinho, com quem trabalhou na Inter de Milão na temporada 2008/09, gritava com ele "muitas vezes", e que quando não jogava bem, o "insultava", inclusive diante dos outros jogadores. Apesar dessas declarações, o jogador considerou que as ações do português eram "justas".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.