Time de Falcão não empolgou e viu o ex-atacante do clube decretar o placar de 1 a 0 para os visitantes

O torcedor que foi ao estádio Beira-Rio ver a primeira vitória do Inter no Brasileirão acabou vendo um velho ídolo decidir o jogo, mas ele vestia a camiseta do Ceará . Iarley, campeão do mundo pelo clube gaúcho em 2006, saiu do banco de reservas para decretar os primeiros três pontos dos cearenses no Brasileirão. Ele aproveitou uma cobrança de escanteio, aos 19 minutos da segunda etapa, e cabeceou para fazer Inter 0 x 1 Ceará.

null

O Inter foi melhor no primeiro tempo. Mas as principais jogadas de perigo basearam-se em lances individuais. Kléber e Damião comandaram o time. O artilheiro acabou esbarrando na boa atuação do goleiro Fernando Henrique.

Os times voltaram iguais na segunda parte. O time de Falcão seguiu sem empolgar o torcedor e viu Iarley, que recém havia entrado, completar um escanteio e abrir o marcador para os visitantes. O atacante, que havia sido homenageado antes do jogo, não comemorou o gol, foi aplaudido pelo torcedor do Inter, e retribuiu as palmas.

O Ceará conseguiu os três primeiros pontos no Brasileirão. O Inter acaba arrancando muito mal na competição, somando um ponto após dois jogos. No próximo domingo, 18h30, o Inter visita o América-MG em Campo Grande-MS. O Ceará vai receber o Botafogo, sábado, 18h30, no estádio Presidente Vargas.

Jogadores mostraram solidariedade ao goleiro Renan
Lucas Uebel/Vipcomm
Jogadores mostraram solidariedade ao goleiro Renan
O jogo

Antes de a bola rolar, a noite foi de homenagens. Os jogadores do Inter entraram em campo com a faixa “Força Renan. Estamos contigo”. O pai do goleiro morreu na última quarta-feira. Quando o Ceará apareceu no gramado foi a vez de Iarley, ex-atacante do Inter, receber a reverência do clube. O atacante foi presenteado com camisetas personalizadas e fotos da sua passagem pelo clube, enquanto o telão exibia o gol contra o Barcelona na final do Mundial de clubes de 2006. Título do qual o jogador foi peça fundamental.

Damião arriscou um chute de fora da área logo no segundo minuto de jogo, mas o goleiro pegou. Aos 12, foi a vez de Kléber lançar e Damião tentar uma finalização de calcanhar. Aos 20, novo lançamento de Kléber. Zé Roberto mandou um forte chute e obrigou o goleiro a espalmar.

O zagueiro Rodrigo quase Abriu o placar aos 26 minutos. Ele aproveitou uma cobrança de escanteio de D´Alessandro, mas cabeceou para fora. O zagueiro quase entregou o ouro para o Ceará no minuto seguinte: ele recuou mal e Osvaldo quase rouba a bola do goleiro Lauro.

Damião voltou a aparecer aos 28 minutos. Ele deu um drible de corpo no zagueiro, mas Fernando Henrique salvou o chute do artilheiro. No último lance da primeira etapa Bolívar foi driblado por Osvaldo e acertou um carrinho no atacante. Pareceu pênalti. O juiz não deu. Para sorte do Inter.

Confira a classificação do Campeonato Brasileiro

Kléber esteve perto de marcar o gol aos 7 minutos do segundo tempo. Ele cobrou falta e acertou o travessão de Fernando Henrique. O lateral-direito Daniel machucou o tornozelo em uma dividida e teve de sair de campo aos 16 minutos.

O Ceará chegou ao gol aos 19 minutos. A zaga do Inter não afastou o cruzamento no escanteio e Iarley, que recém havia entrado, apareceu no segundo poste para fazer 1 a 0.
Aos 25 minutos foi Kléber que apareceu no ataque, cruzou para Damião, mas a cabeçada saiu sem direção. O Inter desenhou o empate aos 30 minutos. Zé Roberto acertou um chute cruzado, mas Fernando Henrique fez um milagre, jogando a bola pra escanteio.

Charge do Trajano:

Após a homenagem, Iarley
Milton Trajano
Após a homenagem, Iarley "ajudou" o Inter a perder em casa para o Ceará


FICHA TÉCNICA - INTERNACIONAL 0X1 CEARÁ
Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 28 de maio de 2011, no sábado
Horário: 18h e 30 minutos (de Brasília)
Árbitro: Célio Amorim (SC)
Auxiliares: Kléber Lúcio Gil e Marco Antônio Martins (SC).
Renda: R$ 185.605,00
Público: 15.412 torcedores
Cartão amarelo: Bolatti, Daniel (Inter); Eusébio, João Marcos, Osvaldo (Ceará)

Cartão vermelho: Washington (Ceará)

GOLS:
Ceará: Iarley, aos 19 minutos do segundo tempo.

INTERNACIONAL: Lauro; Daniel (Glaydson), Bolívar, Rodrigo e Kléber; Bolatti (Gilberto), Guiñazu, Tinga e D´Alessandro (Oscar); Zé Roberto e Leandro Damião.
Técnico: Falcão.

CEARÁ: Fernando Henrique; Murilo, Fabrício, Erivélton e Vicente; Michel, João Marcos, Eusébio (Heleno) e Geraldo (Iarley); Osvaldo e Marcelo Nicácio (Washington).
Técnico: Vágner Mancini. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.