Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Hulk quer sair do Porto, mas agente diz que ele não forçará sua saída

Teodoro Fonseca diz que competições "mais atrativas" interessam ao atleta, mas diz que ele nunca se negará a jogar

EFE |

Teodoro Fonseca, o agente do jogador brasileiro Hulk, atacante do Porto, reconheceu que o atleta da seleção brasileira deseja mudar de ares para disputar uma competição "mais atrativa", mas que não forçará sua saída.

Leia também: Chelsea pode oferecer valor superior ao de Cristiano Ronaldo por Hulk

Em declarações publicadas nesta segunda-feira pelo jornal esportivo luso "O Jogo", Fonseca descartou a saída de Hulk imediatamente e insistiu que sua transferência será feita de acordo com o clube.

"Como qualquer jogador, Hulk também quer experimentar uma campeonato mais competitivo. No dia certo ele sentará à mesa com os dirigentes do Porto e as partes acordarão que seu ciclo chegou ao fim, como aconteceu com o brasileiro naturalizado português Deco", garantiu Fonseca. O agente detalhou que sua cláusula de rescisão, de 100 milhões de euros - a mais alta de todo o futebol luso -, "é um valor que não significa nada" e que serão os "dragões" os encarregados de negociar a quantia da transferência.

Embora deseje sair, Hulk "nunca vai se negar a jogar ou o fará sem motivação", garantiu Fonseca. Com relação ao suposto interesse de alguns dos "grandes" da Europa em contratá-lo neste mercado de inverno (no hemisfério norte) - os rumores falavam em Chelsea, Manchester City e Paris Saint Germain -, o agente do jogador afirmou que não tem ofertas concretas. "Comigo e com Hulk ninguém falou, particularmente eu gostaria muito que ele fosse para o Chelsea, pois lá está André Villas-Boas (técnico)", assinalou.

Fonseca destacou que no início da temporada recebeu três propostas "financeiras melhores do que a do Porto", mas que Hulk preferiu permanecer no clube luso para jogar contra o Barcelona a Supercopa da Europa e disputar a Liga dos Campeões.

Em comparação com o caso do colombiano Falcao, que deixou neste verão os "dragões" para incorporar-se ao elenco do Atlético de Madri, Fonseca negou que seu representado possa ser protagonista de uma transferência similar. "É verdade que ele nunca aceitaria o Atlético de Madri, Hulk não se movimenta pelo dinheiro, mas pela ambição esportiva, pelo amor e o carinho e reconhece tudo o que o Porto fez por ele. Quer uma equipe que lute por títulos, jogue a Liga dos Campeões e tenha um grande projeto", ressaltou.

Leia tudo sobre: futebol mundialinglaterrachelseamanchester cityfrançapsgportugalporto

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG