Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Vasco comemora tranquilidade no estadual

Após vitória na Copa do Brasil, time vive boa fase e entra em reta decisiva no Campeonato Carioca

Gazeta |

O Porto voltou a vencer o Spartak de Moscou, desta vez fora de casa, e assegurou a classificação às semifinais da Liga Europa. A vitória por 5 a 2 - 10 a 3 no placar agregado - foi construída com gols de Hulk, Rodríguez, Guarín, Falcao García e Ruben Micael. Dzyuba, em um golaço, e o brasileiro Ari descontaram para o Spartak.

Apesar de começar o jogo melhor, tendo o volante brasileiro Rafael Carioca como importante peça na ligação do meio-campo e ataque, o Spartak logo perdeu a força e sofreu dois gols ainda no primeiro tempo. Alex, capitão do time russo, teve atuação apagada, enquanto Hulk, pelo Porto, marcou um e deu a assistência para o gol de Rodríguez, em cobrança de escanteio.

Agora, o Porto encara o Villarreal, que passou tranquilamente pelo Twente, na semifinal que terá o duelo entre os artilheiros do torneio: Falcao García, com 11 gols e Giuseppe Rossi, do time espanhol, com dez.

Veja imagens das quartas de finais da Liga Europa:

O jogo
O Spartak começou no ataque, criando a primeira boa chance aos sete minutos de jogo. Mc Geady invadiu a área pela direita e chutou forte, para bela defesa do goleiro brasileiro Helton.

Após a boa oportunidade, o Porto diminuiu os espaços e a partida começou a ficar truncada. Em um contra-ataque, aos 27 minutos, Hulk partiu em velocidade, ganhou da marcação e tocou no canto esquerdo do goleiro Dykan, que nada pôde fazer.

Aos 42 minutos, após belo lançamento de Rafael Carioca, Alex partiu em velocidade e chutou forte, a direita do gol de Helton. Cinco minutos depois, Hulk cobrou escanteio e Rodríguez, de cabeça, ampliou o placar.

No primeiro lance do segundo tempo, o Porto chegou ao seu terceiro gol. Em jogada rápida pela direita, Falcao García chutou e o goleiro Dykan fez a defesa. No rebote, o atacante colombiano rolou para a entrada da área e Guarín, de primeira, fez mais um para o time português. Aos cinco, o Spartak quase marcou. Após cruzamento da direita, Alex cabeceou e Helton fez grande defesa. No rebote, o capitão do time da casa ainda tentou marcar, mas bateu desequilibrado e o goleiro fez nova defesa.

Dois minutos depois, Dzyuba colocou a bola entre as pernas de Otamendi, deu um "drible da vaca" em Rolando e saiu livre para tocar na saída de Helton, marcando um golaço para descontar. Porém, o time russo teve pouco tempo para comemorar, pois aos nove, após escanteio, Rodriguez desviou de cabeça para que Falcao, artilheiro da Liga Europa, marcasse seu 11º gol no torneio.

Com a decisão da vaga já definida, o ritmo da partida diminuiu, mas o Spartak ainda descontou aos 26 minutos, com Ari, que entrara no lugar de Welliton, após driblar o goleiro Helton. Aos 43 minutos, o Porto ainda guardou mais um, com Ruben Micael, após rebote de chute no travessão, para definir o 5 a 2 no placar.

FICHA TÉCNICA - SPARTAK MOSCOU 2 X 5 PORTO

Local: Estádio Luzhniki, em Moscou (Rússia)
Data: 14 de abril de 2011, quinta-feira
Horário: 14 horas (de Brasília)
Árbitro: Viktor Kassai
Assistentes: Gabor Eros e Gyorgy Ring
Assistentes adicionais: Mihaly Fabian e Tamás Bognar
Cartão Amarelo: Dzyuba (Spartak)

Gols: PORTO: Hulk aos 28 minutos do primeiro tempo; Cristian Rodríguez aos 47 minutos do primeiro tempo; Guarín aos 2 do segundo tempo; Falcao García aos 9 do segundo tempo e Rúben Micael aos 44 minutos do segundo tempo. SPARTAK: Dzyuba aos 7 minutos do segundo tempo e Ari aos 27 minutos do segundo tempo

SPARTAK: Dikan; Makeev, Sheshukov, Suchy, K. Kombarov (D. Kombarov); McGeady, Dzyuba, Rafael Carioca (Ibson), Yakovlev; Alex, Welliton (Ari). Técnico: Valeri Karpin

PORTO: Helton; Fucile (Sapunaru), Rolando, Otamendi, Pereira; Guarin, Fernando, Moutinho (Ruben Micael); Varela, Hulk, Falcao (James Rodríguez). Técnico: André Villas-Boas

Leia tudo sobre: liga europafutebol mundialportugalportorússiahulk

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG