Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Hulk marca e lateral brasileiro dá vitória ao Porto sobre o Benfica

Lateral Maicon fez o gol da vitória do Porto sobre o arquirrival em partida emocionante, nesta sexta-feira

Gazeta |

Com participação decisiva dos brasileiros do elenco, o Porto conseguiu uma vitória emocionante no Clássico desta sexta-feira, no estádio da Luz. Mesmo fora de casa, os portistas saíram na frente com Hulk, tomaram a virada com dois de Cardozo, mas chegaram à vitória por 3 a 2 com gols de James Rodríguez e do lateral brasileiro Maicon.

Leia mais: Veja como estão os sete principais candidatos ao título da Euro 2012

AP
Lateral do Porto fez o gol da vitória contra o Benfica
Os visitantes conseguiram o panorama sonhado durante a semana logo aos sete minutos de bola rolando. O brasileiro Hulk dominou a bola na entrada da área, ajeitou o corpo e dispparou um lindo chute de longe. O goleiro Artur ainda tentou se esticar para alcançar, mas não conseguiu evitar a abertura do placar.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Mesmo jogando no estádio da Luz, os portistas seguiram superiores aos donos da casa, que não conseguiam construr as jogadas de ataque. Aos 36 minutos, a vantagem só não foi ampliada devido a duas intervenções providenciais do arqueiro benfiquista, parando remate de Janko e o rebote de Álvaro Pereira.

Porém, quando os aficionados já ficavam aflitos, brilhou a estrela do centroavante Oscar Cardozo. Primeiro ele empatou aos 42, aproveitando chute desviado de Gaitan. Depois, a um minuto da etapa final, testou firme após batida de falta e colocou os donos da casa em vantagem.

Confira ainda: André Villas-Boas admite que Hulk interessa ao Chelsea

Só que, no momento em que o time da Águia mantinha o controle da posse de bola e pressionava o rival, um contra-ataque deu a igualdade ao Porto. James Rodríguez recebeu no meio, tabelou com Fernando e, na entrada da área, bateu de bico, acertando o ângulo de Artur.

A situação ficou ainda pior para os Encarnados, que tiveram Emerson expulso após falta em Hulk. A partir dali, a bola foi alçada várias vezes na área do Benfica, até que Maicon, escorando levantamento de Hulk, deu números finais ao embate.

Com o resultado, a equipe chega a 52 pontos, abrindo três de vantagem sobre o rival e, tão importante quanto, ganhando a vantagem nos critérios de desempate, pois venceu o confronto direto acumulado (5 a 4).

Leia tudo sobre: portobenficacampeonato português 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG