Presidente da Venezuela comentou partida por meio de seu perfil e até provocou Fernando Lugo, presidente do Paraguai

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, não fez questão alguma de disfarçar sua empolgação com a campanha histórica do país na Copa América . Além de garantir a classificação às quartas-de-final do torneio, com o empate por 3 a 3 com o Paraguai a Venezuela ainda pode ser líder do Grupo B da competição caso o Brasil vença o Equador por no máximo 1 a 0 esta noite.

Chávez (dir.) até provocou o "rival" Fernando Lugo durante o confronto entre Venezuela e Paraguai
Reuters
Chávez (dir.) até provocou o "rival" Fernando Lugo durante o confronto entre Venezuela e Paraguai
Os comentários do presidente em seu perfil no Twitter começaram antes mesmo do apito inicial do confronto com o Paraguai. "Aí compadre presidente Lugo, lá vem a Vinotinto! Jogar futebol, pois! Viva Venezuela", escreveu Chávez em um recado para o presidente paraguaio.

Logo aos cinco minutos de jogo, ele comemorou o gol de Rondón que abriu o placar. "Ayayayyyyyy Paraguai. Gooooooooollllllll!! Viva Venezuela!!! Viva Salomón Rondón!!!!!", "gritou" o governante sem economizar nas exclamações.

Quando o Paraguai empatou, com Alcaraz, não houve comentários. No intervalo, um incentivo mais contido: "Vamos muchachos! Esse tempo será a sangue e fogo". Quando o Paraguai virou e chegou a 3 a 1, silêncio... Mas tudo mudou com o segundo gol venezuelano.

Fedor diminuiu para 3 a 2 já aos 45 e Hugo Chávez mostrou otimismo. "Estamos vivos! Goooooool! Vamos Venezuela!", afirmou. E quando Peroso empatou, depois de desvio de cabeça do goleiro Vega, veio o momento de maior vibração.

"Eu disse!!! Que grande é a Venezuela!!!! Empateeeeeee!!!! Viva a pátria de Bolívar!!! Viva a nossa Juventude!!!", disse o presidente. Protocolo político? Com as emoções do futebol, Hugo Chávez se mostrou ainda menos preocupado com isso.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.