Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Homem de confiança de Cuca, Wellington Paulista é afastado

Atacante vive momento ruim em 2011 e marcou apenas duas vezes em nove jogos disputados como titular

Frederico Machado, iG Belo Horizonte |

Vipcomm
Wellington Paulista marcou apenas duas vezes na temporada e perdeu condição de titular
A má fase do atacante Wellington Paulista chegou ao seu limite no time titular do Cruzeiro. O técnico Cuca teve uma longa conversa com o atacante durante a reapresentação nessa segunda-feira e anunciou que o camisa 9 está afastado do time e fará um trabalho à parte para voltar à velha forma, tanto física quanto técnica.

Geralmente, o técnico do Cruzeiro concede suas entrevistas coletivas às terças-feiras. No entanto, pediu para falar nessa segunda-feira para explicar a situação do atacante. “Tive uma conversa com o Wellington Paulista, franca e aberta como sempre. Sobre o momento dele, todos nós somos cientes, não é o ideal, ainda que esteja lutando muito. Mas centroavante vive de gols. Wellington Paulista tem feito bons jogos, com luta, disposição, e a bola não está se oferecendo a ele”, explicou Cuca, que também trabalhou com o atacante no Botafogo.

O treinador defendeu seu atleta e explicou como será o trabalho de recuperação do centroavante. “Cabe a nós preparar o jogador para uma volta. Wellington Paulista não teve uma pré-temporada como os demais, já que se apresentou lesionado. Isso faz diferença para quem joga com forte marcação. Vai dar uma recondicionada, tanto na parte física quanto na técnica. Tem nossa confiança e vamos trabalhar para ele voltar em grande estilo”, disse o treinador. O atacante se apresentou para a temporada de 2011 com uma lesão na panturrilha esquerda.

Wellington Paulista foi titular em todos os jogos do Cruzeiro até aqui na temporada e marcou duas vezes, contra Caldense e Atlético-MG. Cuca preferiu não revelar quem será o substituto do atacante para o duelo contra o Tupi, mas deu indícios que pode montar um ataque veloz com Wallyson e Thiago Ribeiro.

O experiente zagueiro Victorino receitou calma para o atacante voltar aos velhos tempos. “Precisa ter muita calma. Todos sabemos que é um goleador. Quando chega ao campo e não faz gols, preocupa. Quando começar a fazer gols, não vai parar. Atacante vive de gols e ele não vem fazendo. Vamos ajudando e ele sabe que tem todo o respaldo do grupo”, disse o uruguaio.
 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG