Equipe de Goiás joga em casa e ainda se mostra abalada pela virada que levou do Fluminense, quando ganhava por 2 a 0

Os jogadores do Atlético-GO têm motivos para ficarem em alerta durante todo o jogo contra o Figueirense , nesta quarta-feira, no Serra Dourada. Destaque do Alvinegro no campeonato, o meia  Elias é um velho conhecido dos atletas e torcedores do Dragão, e está disposto a ter mais uma grande atuação e ajudar sua atual equipe a conseguir os três pontos em Goiânia.

Mesmo com a presença de Elias em campo, o goleiro Márcio fez questão de salientar que todos os jogadores do Figueirense merecem ser marcados de perto. Para o capitão do Dragão, todo cuidado será pouco diante de seu ex-companheiro de clube e do restante dos atletas catarinenses.

"O Elias é meu amigo, mas agora está defendendo as cores de outro clube e vai lutar para sair vencedor, assim como eu", afirmou. Mas não é só o Elias. O Figueirense apresenta perigo por ter um grupo forte", afirmou Márcio.

Além do goleiro, quem não quer ver a equipe relaxar em campo é o técnico Hélio dos Anjos. Ainda balançado por ter sofrido a virada do Fluminense na última rodada , quando ganhava por 2 a 0, o treinador quer que o Atlético-GO mantenha o volume de jogo durante os 90 minutos que estiver em campo. "Temos que estar atentos do primeiro ao último minuto para não sermos surpreendidos."

Com a volta do zagueiro Leonardo, que está retornando de suspensão, o Atlético-GO entrará em campo às 21h50 desta quarta-feira. A equipe está em 12º lugar e pretende retomar uma sequência de vitórias para consolidar sua classificação à Copa Sul-americana e colar no pelotão de frente do campeonato.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.