Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Hits do AC/DC embalam centenário de Rogério Ceni. Assista

"You Shook Me All Night Long", "It's A Long Way To The Top" e "Shoot To Thrill" servem como fundo para façanha do goleiro

iG São Paulo |

Fã confesso de rock, Rogério Ceni escolheu o hit "You Shook Me All Night Long", da banda australiana AC/DC, para tocar no quadro esportivo do principal programa dominical da TV Globo. No embalo da preferência do goleiro, o iG selecionou mais duas músicas do grupo, que tocou no Morumbi, estádio são-paulino, em novembro de 2009, e que ilustram a trajetória do goleiro até atingir a façanha de marcar 100 gols.

"It's A Long Way To The Topnull (if you wanna rock 'n' roll)", um dos primeiros hinos do AC/DC, mostra o início da jornada de Rogério Ceni como cobrador de faltas. O vídeo usa trecho da música como trilha sonora, exibindo os primeiros gols do então recém-titular do gol são-paulino nos anos de ressaca do bicampeonato mundial e em meio à acensão dos arquirrivais Corinthians e Palmeiras, que relegaram ao time do Morumbi o papel de coadjuvante no fim dos anos 90.

Twitter do iG Esporte: Notícias, vídeos e opinião

Ficha técnica: Veja as estatísticas, notícias e fotos sobre Rogério Ceni

 

 

 

nullQuando um novo São Paulo supercampeão surgiu, com as conquistas da Libertadores e do Mundial de Clubes de 2005 e do tricampeonato brasileiro em 2006/06/08, Rogério Ceni já era ídolo inconsteste dos torcedores. Era o principal batedor de faltas e pênaltis, muitos deles decisivos, como pode ser visto no vídeo ao lado, que tem "Shoot To Thrill" como trilha sonora.

Enquete: Rogério Ceni é o maior ídolo da história do São Paulo?

Leia também: São Paulo lança kit comemorativo para 100º gol de Rogério Ceni

 

 

 

 

nullE "You Shook Me All Night Long", a música pedida por Ceni, serve de trilha para alguns dos mais belos gols do goleiro. A canção e sua letra intensa representam o forte vínculo do goleiro com o único clube que defendeu como profissional.

"Eu queria que fosse de falta. Ainda teve a importância do jogo, um clássico paulista, com grandes profissionais, um bom público e a festa de maneira geral. Se desse para imaginar um final melhor, não um final, porque ela não se encerra aqui, mas não dava para ser melhor", disse Ceni após da vitória contra o Corinthians, adversário do seu 100º gol.

Leia tudo sobre: rogério cenisão pauloac/dc

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG