Sem reforços para a posição, centroavantes "brigam" por uma vaga no time titular e mostram confiança

selo

Antes mesmo da temporada europeia começar, o Real Madrid já vive uma disputa por posição em seu ataque. Sem a contratação de nenhum grande nome para o setor, até o momento, a vaga de centroavante deve mesmo ficar com Higuaín ou Benzema. No que depender da confiança dos dois, no entanto, José Mourinho terá uma boa dor de cabeça para definir o titular.

"Estou me sentindo mais confortável comigo mesmo e estou trabalhando duro nos treinos para garantir que terei grandes partidas. É isso que o técnico espera de mim e é isso que eu estou tentando fazer", declarou Benzema, que ganhou a posição na temporada passada após a grave lesão de Higuaín, que o afastou dos gramados por cerca de quatro meses.

Totalmente recuperado e de volta à sua melhor forma física, o jogador argentino deve largar na frente na briga pela vaga. Questionado sobre a concorrência, ele demonstrou irritação com a possibilidade de ir para o banco.

"Todos os anos é a mesma pergunta. Já me cansou. Estou aqui para ajudar, fazer gols e trabalhar para a equipe. Confio no meu trabalho e estou tranquilo com ele. O Real Madrid e sua torcida sempre me trataram muito bem", afirmou.

Apesar da confiança demonstrada, os dois atacantes sabem que esta briga pode se estender a um terceiro atleta, já que o Real Madrid segue na busca por mais um atacante, após a recusa do brasileiro Neymar. Ao serem perguntados sobre esta possibilidade, eles preferiram nem tocar no assunto.

"Não é uma decisão minha se será contratado outro atacante ou não. Quem deve falar sobre isso é o clube e o treinador", apontou Higuaín. "Esta decisão não diz respeito a mim, não é coisa nossa. Isto quem deve te responder é o clube e o treinador", concordou Benzema.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.