Tamanho do texto

"No momento em que as coisas forem concretas, eu verei o que vou fazer do meu futuro", disse o treinador

Desde que demitiu o técnico Carlo Ancelotti, o Chelsea está em busca de um novo comandante. Guus Hiddink, que conquistou o carinho da torcida e da diretoria em um período de transição, assim que Felipão deixou o clube, admitiu que irá ouvir uma proposta concreta caso os Blues o queiram de volta.

Atualmente, Hiddink é técnico da seleção da Turquia, o que complica o desejo do Chelsea em ter o comandante. No entanto, ele não esconde o carinho pelo clube, apesar de negar que esteja acertando seu retorno.

"Se houvesse uma proposta concreta, eu iria pensar no caso. Mas não há nada. Você não pode ficar especulando. No momento em que as coisas forem concretas, eu verei o que vou fazer do meu futuro. Primeiro, estou pensando na Turquia", afirmou.

Hasselbaink, ex-atacante do Chelsea, afirmou que Hiddink é a escolha óbvia para a posição. "Eu o conheço muito bem. Ele é muito inteligente e um homem muito bom. Ele já esteve no Chelsea e foi um sucesso, então eu posso entender ele ser o favorito. É uma escolha fácil", disse.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.