Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Herói do Náutico, zagueiro-artilheiro divide méritos de vitória

Para o técnico Roberto Fernandes, jogadas ensaidas durantes os treinos foram executadas com perfeição por Éverton Luiz

Gazeta |

O Náutico passou por momentos difíceis na noite da última quarta-feira, no estádio dos Aflitos, mas melhorou no segundo tempo e bateu o América-PE por 2 a 1, graças a dois gols do zagueiro Éverton Luís. Herói da noite, o defensor adotou um discurso humilde, e preferiu dividir os méritos da vitória com os seus companheiros. Os elogios foram principalmente para Jeff Silva e Peter, autores das assistências.

"Eles bateram muito bem na bola. O cruzamento foi perfeito, foi mais mérito deles do que meu", declarou, humildemente, o defensor. Para ele, no entanto, ainda falta um gol na sua especialidade, as cobranças de falta.

"Estou feliz com os gols, mas o meu ponto forte, que é a bola parada, esse ainda não saiu. Hoje (quarta-feira), quase deu, a bola ia em direção ao gol e acabou batendo em alguém ali no meio. Mas vai sair sim", afirmou, otimista.

Para o técnico Roberto Fernandes, as jogadas ensaidas durantes os treinamentos foram executadas com perfeição pelo zagueiro. "Ele foi premiado pela disciplina tática dele. Ele se posicionou corretamente, exatamente no lugar que foi treinado. Os demais não fizeram isso e vão ter que melhorar", comentou Fernandes.

O Náutico agora se prepara para o jogo contra o Sport, que ocorre no próximo domingo, às 17h (horário de Brasília), no Clássico dos Clássicos, que será realizado na Ilha do Retiro, casa do rival.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG