Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Henry volta ao Arsenal, marca gol e classifica time

Maior artilheiro da história do clube inglês retornou em grande estilo à equipe de Arsene Wenger

AE |

selo

Os torcedores do Arsenal viveram um momento histórico nesta segunda-feira, no Emirates Stadium. Pela primeira vez desde 2007, eles puderam ver Thierry Henry, um dos maiores ídolos da história do clube, vestindo o uniforme da equipe em uma partida oficial. Melhor do que isso: viram o francês marcar o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Leeds, pela terceira rodada da Copa da Inglaterra.

Leia mais: Arsenal acerta o retorno de Henry, maior artilheiro da história do time

Henry é o maior artilheiro da história do Arsenal, agora com 236 gols. Ele deixou o clube londrino em 2007, após oito anos na equipe londrina. Depois de passar sem o brilho esperado pelo Barcelona, ele foi negociado com o New York Red Bull, para ser, ao lado de David Beckham, do Los Angeles Galaxy, o garoto propaganda da MLS (Liga Norte-Americana de Futebol).

Veja ainda: "City será campeão da Inglaterra", diz Mancini após eliminação

O mau momento vivido pelo Arsenal e o desejo de Henry voltar para casa fizeram com que ambos convencessem o Red Bull a emprestá-lo por dois meses. E no primeiro jogo desde o retorno, o francês foi decisivo.

Getty Images
Henry marcou o gol da vitória do Arsenal em sua reestreia pelo time inglês
Henry entrou em campo aos 22 minutos do segundo tempo, no lugar de Marouane Chamakh, ovacionado de pé pela torcida. No primeiro lance, foi flagrado em impedimento. Dez minutos depois, ele recebeu passe perfeito de Alex Song, recebeu nas costas da zaga e bateu de chapa de pé, cruzado, tirando do goleiro, para fazer 1 a 0.

Era o suficiente para que o Arsenal se classificasse para a quarta fase da Copa da Inglaterra - vai pegar o Aston Villa - e para levar a torcida à loucura, lamentando, porém, que a passagem do atacante pelo Emirates Stadium dure apenas dois meses.

Leia tudo sobre: arsenalinglaterrafutebol mundialthierry henry

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG