Atacante reclamou e ofendeu torcedor que criticou o desempenho do Arsenal diante do Swansea

A discussão do atacante Thierry Henry com um torcedor do Arsenal no fim de semana passado incomodou o experiente atleta dos Gunners , que procurou vir a público para esclarecer os motivos que levaram ambos a entrarem em conflito após a derrota por 3 a 2, para o Swansea. O jogador afirmou que não entendeu o motivo das críticas dirigidas ao time e, irritado com o resultado negativo, acabou extrapolando e ofendendo o membro da torcida.

Confira a classificação do Campeonato Inglês

Na ocasião, Henry pediu para que o time se dirigisse às arquibancadas e agradecesse o apoio que os adeptos do clube inglês demonstraram durante toda a partida. Ao chegar perto da lateral do campo, o francês foi acusado de ter falhado em um gol adversário e ficou nervoso com os xingamentos dirigidos aos seus companheiros. Revoltado, o avançado questionou o torcedor se ele não gostaria de trocar de posição e tentar obter um rendimento melhor, usando termos pejorativos que assustaram o restante da torcida.

"Fiquei chocado e desapontado com o que aconteceu no domingo. Não somente o resultado. No apito final de um jogo tão complicado, falei para o grupo ir aplaudir os torcedores. Quando chegamos lá, não entendi um deles xingando a equipe e o que fiz foi dizer a ele que precisamos de apoio e não de críticas", explicou o atacante, em entrevista ao jornal The Sun .

Com a possibilidade de ser enquadrado pela FA (Associação de Futebol da Inglaterra, em inglês) em um artigo que fere a conduta desportiva durante uma partida, Henry procurou se desculpar pela linguagem utilizada na discussão e afastou um risco de punição. Os dirigentes que comandam o futebol inglês não chegaram a apresentar uma denúncia oficial e o caso poderá passar batido pelo Tribunal.

"Acredito que minha intenção estava correta, mas poderia ter sido melhor compreendido. Então, gostaria de pedir desculpas por ter usado uma linguagem inapropriada. Não quis ser malicioso ou ameaçador e sei que poderia ter passado as minhas intenções de forma mais tranquila", completou Henry .

Ídolo no Arsenal , o francês retornou ao clube recentemente e chegou a ser ovacionado ao marcar um gol durante sua estreia . O atleta possui contrato com o New York Red Bulls, dos Estados Unidos, e aproveitou as férias da temporada americana para firmar um vínculo de curta duração com os Gunners e tentar aprimorar o desempenho do setor ofensivo do time de Arsene Wenger.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.