Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Henrique faz dois e seleção brasileira chega à final do sub 20

Reservas que Ney Franco colocou em campo mudaram o jogo no segundo tempo. Brasil enfrentará Portugal

Gazeta |

Ney Franco novamente usou a velocidade de Dudu e Negueba para mudar o jogo e obteve sucesso. Em jogo truncado, os dois reservas deram bons cruzamentos para Henrique marcar ambos os gols da dura vitória por 2 a 0 do Brasil sobre o México, na semifinal do Mundial sub 20, na noite desta quarta, em Pereira, na Colômbia.

Com o resultado, o Brasil, assim como em 2009, quando perdeu para Gana, alcança a final da competição. Agora, a seleção canarinho terá pela frente Portugal, que eliminou a França também nesta quarta, às 22h (de Brasília) no próximo sábado, em Bogotá.

AFP
Philipe Coutinho fez partida discreta de novo

O Jogo
O primeiro tempo de partida muito teve de movimentação, mas pouco rendeu em emoção aos presentes. Mais bem postado no ataque e com jogadores mais talentosos, o Brasil reteve a posse de bola por mais tempo, mas não conseguiu produzir muitas chances, enquanto o México ameaçava nos contra-ataques.

Em seu primeiro lance, Oscar, melhor nome entre os garotos brasileiros, arriscou de longe e deu trabalho para José Rodriguez. Pouco depois, o goleiro Gabriel, grande herói da classificação contra a Espanha, tomou toque do pé de Torres, que não pulou após dividida, e ficou com o olho inchado, mas não saiu de campo.

AFP
Philipe Coutinho fez partida discreta de novo
Apostando nos chutes de fora, Casemiro, Oscar, Henrique e Willian testavam o goleiro mexicano, mas não levavam perigo. Enquanto isso, o time da América do Norte passou a aproveitar a insegurança do machucado Gabriel e levantou uma série de bolas na área.

Em duas oportunidades, o arqueiro brasileiro teve trabalho, mas acabou socando a redonda para longe. Na terceira, já nos acréscimos, Torres apareceu livre na área e testou para marcar. No entanto, o atacante, responsável pela lesão de Gabriel, estava impedido.

No segundo tempo, novamente muita briga e pouco futebol. O Brasil até tentou mudar, com as entradas de Dudu e Negueba, mas a defesa mexicana parecia bem postada. Do outro lado, os garotos de Ney Franco corrigiram as falhas defensivas e constituíram assim, um duelo com muito poucas chances.

E foi em uma delas, numa improvável cabeçada, que Henrique abriu o caminho da classificação brasileira. Após boa jogada de Negueba, ele ganhou do zagueiro e mexicano e colocou no canto de José Rodriguez para marcar.

Ainda antes do fim veio o segundo, em improvável jgoada trabalhada na defesa mexicana. Danilo tocou para Dudu, que encontrou Henrique livre na área para só escorar e garantir a passagem brasileira até Bogotá.

FICHA TÉCNICA
BRASIL 2 X 0 MÉXICO

Local: Estádio Hernán Ramírez Villegas, em Pereira (Colômbia)
Data: 17 de agosto de 2011 (Quarta-feira)
Horário: 22h (de Brasília)
Árbitro: Mark Clattenburg (Inglaterra)
Cartões Amarelos: Gabriel Silva e Juan (Brasil); Araújo, Torres, Enriquez e Rivera (México)
Gols: Henrique, aos 35 e aos 38 minutos do segundo tempo

BRASIL: Gabriel; Danilo, Bruno Uvini, Juan e Gabriel Silva (Allan); Fernando, Casemiro, Oscar e Philippe Coutinho (Dudu); Willian (Negueba) e Henrique
Técnico: Ney Franco

MÉXICO: José Rodríguez; Acosta (Pulido), Araújo, Ibañez e Reyes; De Buen (Piñon), Orrantia e Enriquez; Torres, Davila e Guarch (Rivera)
Técnico: Juan Carlos Chavez

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG