Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Henrique deve renovar seu contrato com o São Paulo por cinco anos

Diretor de futebol Adalberto Baptista disse que o acerto deve ser assinado "nas próximas horas ou dias"

Mário André Monteiro, iG São Paulo |

Melhor jogador, campeão e artiheiro do Mundial sub 20, o atacante Henrique deve permanecer no São Paulo . Clube e jogador estão bem próximos de um acerto, e o vículo do atleta com o time do Morumbi deve ser estendido por mais cinco anos. "Tenho certeza de que ele vai renovar e vestir com orgulho a camisa do São Paulo", disse o diretor de futebol Adalberto Baptista.

Siga o iG São Paulo no Twitter

Em entrevista à TV Bandeirantes, o próprio Henrique avisou que permanecerá no São Paulo e que sua remuneração mensal será aumentada. De acordo com o atleta, ele recebe entre R$ 5 mil e R$ 6 mil, mas que agora, depois das conversas com os dirigentes, ele pedi "uma coisa que desse pelo menos para ficar mais tranquilo".

Entre para a Torcida Virtual do São Paulo e convide seus amigos

EFE
Henrique leva prêmio de melhor atleta do Mundial sub 20
Adalberto reconheceu que o salário de Henrique estava defasado, e admitiu que já havia procurado o atacante antes mesmo do Mundial, mas as negociações ficaram travadas justamente por conta da ausência do jogador, que ficou mais de um mês fora servindo a seleção sub 20.

"É bom frisar que estamos conversando há quase dois meses, tanto Henrique quanto Casemiro, que têm situação parecida. Eles têm remuneração defasada, chamamos para fazer um novo contrato e temos perspectivas que nas próximas horas ou dias vamos resolver isso", avaliou o cartola.

Adalberto Baptista comentou ainda as declarações de Henrique, que logo após o Mundial pediu valorização. O empresário do atleta chegou a cogitar entrar na Justiça para quebrar o contrato do jogador com o São Paulo, para que ele fique livre de vínculo com o clube paulista.

"Eu nem havia conversado com os procuradores dele, só com o Henrique. Às vezes o jogador fala o que mandam falar, não o que sente. E isso às vezes causa um certo incômodo. Desde o início eu estava tranquilo sobre a permanência dele. Se a gente renovar e ele não for aproveitado, vamos pensar em outra coisa, emprestar talvez", finalizou o diretor.

Leia tudo sobre: São PauloBrasileirão 2011Henrique

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG