Tamanho do texto

Appós duas vitórias em três partidas à frente da equipe goiana, técnico voltou a pedir reformas no clube

Contratado para ajudar na recuperação do Vila Nova no Campeonato Brasileiro da Série B, Hélio dos Anjos chegou, trabalhou duro e conquistou duas vitórias em três partidas à frente da equipe goiana.

Agora, mais confortável no cargo, voltou a exigir melhorias na estrutura física da equipe. Isso porque, em fevereiro, ele deixou o Vila Nova para aceitar a proposta do Sport e um dos motivos alegados foi a falta de investimento em estrutura por parte da diretoria e da New Ville Sports, empresa que cuida do futebol do clube.

"Para crescer, as pessoas que passam pelo Vila precisam ajudar. Não pode esperar tudo do clube. Não adianta chegar a um lugar que tem ideia pequena, trazendo mais ideias pequenas", disse o treinador, visivelmente insatisfeito, ao Portal 730 .

Algumas obras foram iniciadas antes da saída de Hélio, mas interrompidas logo depois. Com o retorno do treinador e a boa fase da equipe, que ocupa o décimo lugar na classificação, elas devem ser retomadas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.