Em seu primeiro dia, novo técnico do time goiano quis conhecer as instalações e os funcionários do clube

Ansioso para começar o trabalho na Série A, o técnico Hélio dos Anjos chegou às 7h30 ao CT do Atlético-GO , na intenção de conhecer as instalações e os funcionários do clube.

O treinador foi apresentado aos jogadores em uma reunião conduzida pelo diretor de futebol, Adson Batista, e pelo interino, Jairo Araújo, que segundo o próprio Hélio "recebeu um rádio" no intervalo da partida diante do Santos, vencida por 2 a 0 pelos goianos.

Após observar exercícios físicos praticados pelos jogadores titulares, o comandante conduz os que não foram relacionados para a vitória do último sábado em jogo-treino diante do Sobradinho-DF no fim da tarde desta segunda-feira.

O Dragão é o terceiro time de Hélio na temporada, sendo que ele já comandou Sport e Vila Nova pela Série B. Apesar disso, garante foco: "Estou totalmente envolvido com o Atlético, vou trabalhar com a razão para que o torcedor desfrute de grandes emoções, afinal se conquista o torcedor através dos resultados", afirma Hélio, que acumula quatro passagens pelo Goiás e três pelo Vila Nova, mas debuta no Atlético.

Na 15ª posição do Brasileiro, Hélio não teme o rebaixamento: "A situação em que estamos todos conhecemos. Não é nada fácil, principalmente quando olhamos de lado e temos um Santos, um Atlético-MG. Mas assim como ocorreu nas minhas duas últimas passagens pela Série A, quero criar uma condição para o time fluir", disse.

Para garantir essa situação, o treinador usa de exemplo o Goiás de 2008, em que assumiu na 19ª colocação e finalizou a competição como oitavo: "Foi um campeonato tranquilo, que fluiu, e agora vou tentar aproveitar o máximo desse elenco para fazer parecido", afirmou.

A estreia do treinador está marcada para a próxima quinta-feira, às 21 horas (de Brasília), no Engenhão, diante do vice-líder do Brasileirão, o Flamengo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.