Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Guus Hiddink deve acertar com o Anzhi, segundo jornal holandês

Holandês interessa à direção do clube russo, que busca um técnico para o time após a saída de Yury Anatolievich

Gazeta |

Getty Images
Hiddink deixou a Turquia após fracasso nas eliminatórias da Euro 2012
Em busca de um técnico desde a saída Yury Anatolievich, no início da semana, o Anzhi Makhachkala, equipe de Roberto Carlos e Samuel Eto'o, deve acertar com o holandês Guus Hiddink. Embora cotado também para assumir o Chelsea, o experiente treinador pode acertar um contrato de um ano e meio com os russos, de acordo com o jornal Voetbal International.

Leia também: Jornal diz que Capello chega à Rússia para reunião com Anzhi

Aos 65 anos, Hiddink está desempregado desde sua tentativa frustrada em tentar classificar a Turquia para a Eurocopa 2012. Além do clube russo, o treinador foi especulado no Chelsea, clube em que o holandês teve rápida passagem em 2009, ao substituir o então demitido Luiz Felipe Scolari.

No curto período em Londres, Hiddink conseguiu a conquita da FA Cup. E, com o fato de André Villas-Boas não conseguir fazer a equipe deslanchar, o nome do treinador voltou a ganhar força nos Blues. Com o iminente acerto, porém, o português deverá ter mais tempo para levar o Chelsea para uma colocação melhor do que o atual quinto lugar no Campeonato Inglês.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O Anzhi, por sua vez, tinha como primeiro sonho a vinda de Fabio Capello. Após divergir da FA (Associação de Futebol da Inglaterra) sobre a punição dada para John Terry, acusado de ter desferido ofensas racistas ao também zagueiro Anton Ferdinand, do Queens Park Rangers, o treinador acertou sua saída da seleção, pouco antes da disputa de seleções no continente.

Desde sua saída do English Team, fora especulada a chegada do italiano ao Anzhi, que, por sua vez, desmentiu negociações com os russos. Comprado pelo milionário russo Suleiman Kerimov em 2011, o Anzhi possui alto poderio financeiro. Além da chegada de Eto'o e Roberto Carlos, o clube ainda cogitou trazer outros atletas de destaque na Europa, como Carlos Tevez.

Leia tudo sobre: futebol mundialrússiaanzhiguus hiddink

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG