Atacante foi o destaque do time B e deve começar 2011 como titular. Ele aguarda uma chance com Celso Roth

Centroavante de ofício, o atacante Guto quer ajudar o Inter da maneira que melhor sabe: fazendo gols. Guto, foi o camisa 9 e artilheiro do time B em 2010, marcou 20 gols. Ele espera repetir a dose em 2011, mas pelo time A.

“Estou trabalhando para chegar no grupo principal. Este elenco está forte, terá condições de fazer boas atuações. A concorrência também é grande”, explica Guto, falando sobre o time B, que está em pré-temporada na cidade de Bento Gonçalves, e que vai atuar em boa parte do Campeonato Gaúcho.

O Internacional já cogita não contratar um camisa 9, e buscar apenas um atacante de velocidade. Sendo assim, Guto seria a terceira alternativa para o técnico Celso Roth. Atrás apenas de Alecsandro e Leandro Damião.

“Fico feliz de saber disso. Tenho que manter o meu trabalho e ficar pronto para quando surgir a oportunidade. Estou confiante que 2011 será um ano bom”, diz.

Guto ainda se recupera de dores no joelho, e por isso não tem participado dos treinamentos coletivos. Ele não deve ser utilizado no jogo-treino desta quinta-feira, 17 horas, contra o Canoas, na Associação Geremia em Bento Gonçalves. Mas a tendência é que fique a disposição já para o fim de semana, e a projeção é que Guto comece 2011 como o camisa 9 do Inter B.

O jogador, de 22 anos, ganhou as primeiras chances no Inter em 2008. Ele chegou a ser utilizado pelo técnico Abel Braga no Gauchão daquele ano, inclusive marcando gols. Em 2009, esteve emprestado ao Sport Recife, onde disputou o campeonato estadual, a Libertadores e o Brasileirão.

“No Sport eu consegui adquirir experiência e maturidade. Quando você fica muito tempo em um clube acaba se acomodando um pouco, então esta saída me ajudou a abrir os olhos e voltei com tudo em 2010”, explica.

Guto jogou a temporada 2010 pelo time B. Ele foi o artilheiro do Brasileirão Sub-23 (com 7 gols) e da Copa Federação Gaúcha de Futebol (com 10 gols). O Inter venceu as duas competições.

O técnico Celso Roth vai observar o trabalho dos garotos durante o início do ano. A ideia da direção é que os destaques do time B, sejam integrados ao grupo principal.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.