Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Gum vibra com volta de medalhões, mas deixa escalação para Muricy

Zagueiro prefere deixar a dor de cabeça para o treinador e diz que título brasileiro pode o aproximar da seleção de Mano Menezes

Marcello Pires, iG Rio de Janeiro |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237860441411&_c_=MiGComponente_C

Se a volta de Emerson realmente for confirmada, Muricy Ramalho terá a oportunidade de escalar pela primeira vez os quatro medalhões juntos contra o São Paulo, no próximo domingo, às 17h, em Barueri. A questão, no entanto, é outra: se o treinador deve ou não escalar de início o quarteto, já que Deco e Fred só voltaram na rodada passada, após longa inatividade, e Emerson está fora do time desde o jogo contra o Botafogo, há pouco mais de um mês.

A questão torna-se complexa porque Deco e Fred voltaram sem ritmo de jogo no último domingo. Muitos, inclusive, acreditam que a escalação da dupla foi a principal razão pelo fraco desempenho do time contra o Goiás. Gum, um dos líderes do elenco, discorda, mas prefere não opinar se começaria ou não com os quatro em campo diante do São Paulo.

Eu sei o que eu faria, mas prefiro não dar minha opinião e deixar essa tarefa para o Muricy. Até porque meu pensamento pode ser parecido com o dele. Vamos aguardar a semana e ver o que o Muricy tem na cabeça para a partida em Barueri, explicou o zagueiro.

Mas independentemente de quem Muricy escolha para começar jogando, Gum comemorou as voltas de Fred e Deco, enalteceu a qualidade do quarteto e afirmou que não gostaria de estar do outro lado para enfrentá-los .

Todos nós esperávamos ansiosamente o momento de poder contar com todos eles. São jogadores de muita qualidade, líderes dentro do elenco e que podem ser decisivos nessa reta final. Nenhum zagueiro deixa de dormir por causa disso, mas é claro que você não pode cometer nenhum tipo de erro diante desses jogadores e é preciso uma atenção redobrada com eles, disse Gum .

Mais do que garantir sua primeira volta olímpica de peso - Gum venceu o campeonato do interior com a Ponte Preta -, o título brasileiro pode significar muito mais para o jovem zagueiro do Fluminense.

Eu acredito sim que a conquista do Campeonato Brasileiro pode abrir as portas da Seleção para os jogadores do Fluminense. Planejo uma carreira vitoriosa para mim como jogador e nada melhor do que começar conquistando um título dessa importância para ser lembrado pelo Mano Menezes, afirmou.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirofluminensefutebol

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG