Tamanho do texto

Lateral do Atlético-MG estava lesionado, mas foi testado entre os 11 inicias nesta quinta

No coletivo que comandou nesta quinta-feira no Atlético-MG , o técnico Dorival Júnior começou com o lateral esquerdo Guilherme Santos entre os titulares, aumentando as chances do atleta reconquistar a posição perdida para Leandro. Há mais de um mês fora da equipe, tratando de lesão, Guilherme Santos deixa a decisão sobre sua volta ao time ou não, nas mãos do treinador alvinegro. Segundo ele, o fato de ter atuado no treinamento desta quinta ainda não define nada.

"Houve algumas mudanças sim, mas isto não significa que a equipe está toda preparada. Os jogadores estão dando o máximo, treinando cada dia melhor. O Dorival está procurando incentivar cada jogador, passando confiança para aqueles que não entraram, não estrearam, fazendo este trabalho para o próprio jogador se sentir mais à vontade. Com certeza, ele vai escolher os melhores para gente sair de campo com a vitória", declarou.

Guilherme Santos lamenta o fato de ter se contundido no momento que apresentava um bom futebol, mas o jogador lembra que Leandro, que ocupou a vaga na lateral atleticana atuou bem nas últimas cinco rodadas, e que por isso, Dorival Júnior optou por dar uma sequência para Leandro.

"Tive a infelicidade de me machucar na decisão contra o Cruzeiro. Nos primeiros jogos do Brasileiro, o time apresentou um bom futebol e o Leandro também apresentou bom ritmo. Se o Dorival Júnior pretende me colocar agora, a decisão é dele", disse.

O lateral alvinegro afirma que aproveitou o tempo fora da equipe para aprimorar a forma física. "Eu ganhei muito nessas semanas que fiquei trabalhando. Vinha me dedicando mais à minha condição física. Me ajudou mais que me prejudicou. Agora tenho que colocar em prática tudo que trabalhei", concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.