Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Guilherme Santos vai ser punido por xingar torcida do Atlético-MG

Ao ser expulso no jogo contra o Internacional, Guilherme xingou os atleticanos e fez gestos obscenos

Victor Martins, iG Belo Horizonte* |

Com apenas duas partidas do Campeonato Brasileiro o lateral-esquerdo Guilherme Santos conseguiu apagar a boa impressão que deixou nas primeiras partidas pelo Atlético-MG . O jogador de 23 anos chegou ao clube em março e l ogo conquistou a posição de titular . Mas nas goleadas diante de Flamengo e Internacional , o jogador foi bastante hostilizado ao deixar o campo expulso por falta cometida em Bolatti . O lateral atleticano não deixou por menos e fez gestos obscenos aos torcedores do Atlético-MG.

Siga o iG Atlético-MG no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Fora da partida contra o Ceará , o jogador também vai ser punido pelo clube. Embora tenha ficado boa parte do segundo tempo no banco de reservas, o presidente Alexandre Kalil não viu o que foi feito por Guilherme Santos. No entanto mandatário atleticano já está ciente do ocorrido e promete analisar com calma a situação. Mas uma coisa já é certa, está descartada uma rescisão de contrato.

Entre para a Torcida Virtual do Atlético-MG e convide seus amigos

“Eu não vi, estava dentro do vestiário já quando aconteceu. Mas é muito perigoso pegar uma criança, um garoto, o lateral e falar que ele vai embora do Atlético pelo o que ele fez. Ele vai pagar, dependendo do tamanho, vai pagar mais ainda. Mas o gesto obsceno foi o 4 a 0 e ele não foi o culpado pelo placar . Então vamos com calma. Vou analisar o que foi feito, punido ele já está pela expulsão e agora vamos ver o tamanho da punição”, explicou Alexandre Kalil.

Guilherme Santos chegou ao Atlético-MG em março, comprado junto ao Almería , da Espanha. Para contratar o jogador, o clube mineiro gastou cerca de R$ 680 mil, valor que teria direito sobre a venda do goleiro Diego Alves para o Valência. Até o momento ele disputou dez partidas pelo Atlético-MG e ainda não marcou gols.

Racismo
O lateral-esquerdo Guilherme Santos justificou na tarde desta sexta-feira o motivo de se revoltar contra alguns torcedores do Atlético-MG. Segundo o atleta, ele foi xingado de "macaco" por dois torcedores atleticanos, que seriam os alvos de seus gestos, e não todos os torcedores que o criticavam pela fraca atuação diante do Inter e sua expulsão.

"Vim treinar hoje (sexta-feira) de uma maneira que nunca me senti, o gesto e a discussão foram para dois torcedores, estavam me xingando, meus pais estavam atrás da grade, me chamaram de "macaco", não gostei", explicou o lateral do Atlético-MG, que se sentiu ainda mais humilhado pelo fato ter ocorrido num local próximo de seus pais, que estavam na Arena do Jacaré.

Por conta da atitude contra os dois torcedores, o jogador não foi multado pelo Atlético-MG. Na entanto ele vai ter parte do próximo salário descontado, por causa da expulsão. "Eles descontaram do meu salário apenas a multa pela expulsão, apenas isso, a gente conversou, vimos que aconteceu, o problema com torcedor e não tinha porque ser multado por isso".

Leia tudo sobre: Atlético-MGBrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG