Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Guilherme Santos lamenta contusão na final do Campeonato Mineiro

Lateral acredita que final poderia ser diferente. Para jogar sábado, Guilherme já começou o tratamento

Victor Martins, iG Belo Horizonte* |

Aos 14 minutos do segundo tempo da final do Campeonato Mineiro, o lateral-esquerdo Guilherme Santos foi substituído por Bernard. O jogador do Atlético-MG sentiu uma dor na coxa esquerda e não tinha condição de continuar em campo. A contusão do atleticano pode ter sido determinante no rumo da decisão com o Cruzeiro. Enquanto estava em campo, Guilherme conseguiu anular o atacante Wallyson, autor do primeiro gol celeste.

“Eu não quero nem comentar. Não vou dizer que a gente perdeu porque eu saí, mas eu estava segurando bem, fazendo a marcação nele (Wallyson) muito boa. Tiveram uma chance de gol e colocaram a bola para dentro. Mas isso é o futebol, um tinha de sair campeão. Não sei se eles mereceram, mas fizeram a parte deles e o gol saiu na hora certa para eles”, disse Guilherme Santos, que se mostrou muito abatido com a perda do título estadual.

“É complicado. Eu sempre tenho a vontade de ganhar, mas futebol é assim e amanhã já tem treino. Não podemos abaixar a cabeça e temos de continuar jogando. Se abaixarmos a cabeça, vão acontecer coisas piores”.

Se a coxa esquerda foi problema na final do Mineiro, para a estreia do Brasileirão já é uma preocupação. Embora o jogador demonstre confiança para estar em campo diante do Atlético-PR, o departamento médico do Atlético-MG é cauteloso. Segundo Rodrigo Lasmar, um diagnóstico somente depois do exame de imagem, mas é uma situação que preocupa.

Ainda sem saber o real estado de lesão que tem na coxa esquerda, Guilherme esbanja confiança para jogar na estreia do Atlético-MG no Campeonato Brasileiro, neste sábado. Para isso, o lateral promete bastante empenho no tratamento.

“Dá sim, com fé eu Deus eu vou trabalhar forte. Vou esquecer tudo e não quero saber sobre descanso, quero trabalhar para me recuperar. Vou manter a minha forma para começar o Brasileiro mais forte do que eu estava trabalhando”, comentou Guilherme, que esteve na Cidade do Galo nesta segunda-feira, para fazer tratamento, apesar de ser folga geral para os jogadores.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG