Tamanho do texto

Atacante entrou no segundo tempo contra o Atlético-GO e deu outra dinâmica ao jogo, evitando derrota

O atacante Guilherme é uma das contratações mais caras do Atlético-MG para a temporada. O torcedor atleticano ficou nervoso com Dorival Júnior por ter deixado o jogador no banco no primeiro tempo do jogo contra o Atlético-GO . E, quando Guilherme entrou no segundo tempo, mostrou que merece um lugar entre os titulares, fazendo o gol de empate e evitando o pior.

Siga o iG Atlético-MG no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

O jogador acredita que o primeiro gol com a camisa atleticana dará mais tranqüilidade para a sequência. “Agradecer a Deus e à minha família, que me sempre me apoiou. O gol saiu e agora tenho mais tranqüilidade. O que apresentamos no segundo tempo deveríamos ter feito o jogo todo. Tentamos de todas as formas na segunda etapa. Adversário foi muito bem defensivamente. Agora é recuperar esses pontos fora de casa”, disse o camisa 9. Guilherme ainda teve outras duas chances no fim da partida e quase fez um golaço de letra.

Entre para a Torcida Virtual do Atlético-MG e convide seus amigos

O técnico Dorival Júnior explicou a ausência do atleta entre os onze titulares que começaram a partida. “Trabalho com um grupo e tenho que ter critérios. Lesionado, voltando aos poucos, não sei se o rendimento dele teria sido intenso desde o inicio. Tive que fazer uma opção em cima disso. Quem volta de lesão tem entrado depois e brigado por posição. Um excepcional jogador e sei o valor dele (Guilherme). Aos poucos vai retornando ao time. Gostaria muito de olhar os do papel e colocar. Mas temos que olhar o dia a dia e trabalhar com critério. O grupo observa detalhes para ficar motivado em uma disputa leal por posição”, explicou o treinador.