Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Guardiola quer Barcelona "humilde" na partida contra o Shakhtar

Treinador não poupou elogios ao adversário desta quarta-feira para evitar surpresas contra os ucranianos

Gazeta Esportiva |

EFE
Treinador quer humildade contra o adversário de menor expressão
Preparado para enfrentar o Shakhtar Donetsk nesta quarta-feira, no jogo de ida das quartas de final da Liga dos Campeões, o Barcelona, citado pelo treinador rival como a melhor equipe do mundo, não deixará seus jogadores entrarem em campo muito confiantes. De acordo com Pep Guardiola, treinador do time catalão, o Shakhtar é uma "super equipe".

"O Shakhtar será um adversário complicado. É uma equipe repleta de bons jogadores brasileiros, muito forte e que cresceu bastante. Muitos subestimam, mas eu não quero sequer ouvir isso", disse Guardiola, lembrando a legião de brasileiros na equipe, que contando com Eduardo Silva, naturalizado ucraniano, soma sete atletas.

"As pessoas pensam que já estamos nas semifinais e julgam que o triunfo sobre o Shakhtar é um fato consumado. Mas meus sentimentos antes do jogo não são assim tão positivos", afirmou.

Pessimista, Guardiola cobrará empenho dos seus comandados para abrir a maior vantagem possível diante de seu torcedor, no Camp Nou, a partir das 15h45 (horário de Brasília).

"Se não nos apresentarmos no melhor nível, o Shakhtar vai nos derrotar. Acreditem em mim quando digo que eles são uma super equipe. Terminaram o seu grupo à frente do Arsenal. Têm muitos pontos fortes e têm impressionado", encerrou o técnico catalão.

Leia tudo sobre: futebol mundialespanhabarcelonapep guardiola

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG